Santa Casa: atendimento especializado em curativos 

Equipe atende 350 pacientes aproximadamente por mês. 

Desde 2009, o Grupo de Curativos da Santa Casa de Votuporanga disponibiliza tratamento avançado em feridas. Serviço que coloca a Instituição como exemplo de atendimento humanizado, de excelência, com qualidade e segurança. 

O Hospital possui um ambulatório que se localiza na Avenida da Saudade junto a Ortopedia. Os atendimentos somam 250 por mês, para pacientes de convênios e particulares, com livre demanda e encaminhamentos externos. “- Somos uma equipe especializada em tratamento de feridas, sendo elas de qualquer causa, dentre elas: pé diabético, “escaras” – Lesão por pressão, queimaduras, traumáticas, sequelas de hanseníase e outras, qualquer portador de ferimentos pode ser atendido. Fazemos também orientações quanto a prevenção, cuidados específicos para diabéticos e pessoas acamadas”, explicou a coordenadora do Grupo de Curativos, Clarissa Albuquerque Vaz Nunes. 

Além da Clarissa, fazem parte da equipe as enfermeiras Nayra Caroline e Luciana Hentona. “- Proporcionamos uma assistência diferenciada e humanizada aos pacientes. A medicina evoluiu, temos altas tecnologias que nos auxiliam nesse processo, mas, precisamos de profissionais aperfeiçoados de cuidados com a pele e as feridas que acompanhem essa evolução para garantirmos o sucesso”, complementou. 

O tratamento dispensado pela equipe profissional, estrutura, qualidade, organização e o ambiente acolhedor são alguns dos aspectos ressaltados nos elogios feitos pelos pacientes assistidos. “- Privilegiar um corpo com ferida é observar e refletir sobre tudo o que acontece com ele, mudanças e sensações, limites e possibilidades são impostos. É preciso considerar o que existe dentro de todo esse contexto, pois tratar uma ferida é também sarar de um corpo que sofre.  Buscar a excelência em tratamento de feridas é nosso objetivo, portanto, buscamos conhecimentos científicos e consensos internacionais para nos auxiliar nesta meta”, ressaltou. 

Demonstração de dedicação e pioneirismo foi o tratamento com pressão negativa. “- Há mais de um ano, a Santa Casa é o único Hospital da região a proporcionar o método para o Sistema Único de Saúde (SUS), um dos melhores que existe. Trata-se de uma válvula que estabiliza a pressão negativa, trazendo benefícios para os pacientes, aliviando a dor, otimizando o tempo de cicatrização, disponibilizando a alta precoce e aumentando a chance de cura”, enfatizou Clarissa. 

O atendimento também é intra-hospitalar (internados) em todos os setores da Instituição. Em média, são 95 pacientes por mês. “- Avaliamos e acompanhamos quando existe a necessidade, independente de seu convênio. Todo assistido internado, inclusive os osmotizados, recebe cuidados e orientações para o manejo adequado do mesmo, evitando assim futuras complicações”, afirmou. 

O Ambulatório funciona de segunda a sexta feira, das 7h às 17h18, com prévio agendamento, que pode ser feito via telefone (17) 3405-9133, ramal 212. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dois + oito =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password