CAV aposta no profissionalismo para chegar ao Paulistão

Fortalecido com a chegada de Daniel Alves, lateral do São Paulo e também da Seleção Brasileira, como um dos investidores do clube, Votuporanguense aposta no profissionalismo para chegar ao Paulistão.

Com o retorno do ‘prata da casa’ Marcelo Henrique Dias no comando técnico e sob os investimentos financeiros de Daniel Alves, o Votuporanguense sonha com um 2020 totalmente diferente desta temporada, em que não repetiu o desempenho de 2018, quando foi campeão da Copa Paulista.

“É um projeto ambicioso, mas com os pés no chão. Acredito que a formatação da equipe está sendo muito bem feita, através do próprio Fransérgio [Ferreira – que é sócio de Daniel Alves na Flash Forward e um dos donos do clube empresa], que tem tomado frente conosco nas contratações”, disse o treinador. “Começamos em nove e ficamos em quatro [sócios]. Agora teve a chegada do grupo do Daniel, que quem administra é o Fransérgio e para o Votuporanguense só tem a agregar. [Eles] têm muito conhecimento na área de jogadores, têm escritórios na Europa, no Brasil e nos EUA, e adquiriram 20% do Estoril, de Portugal. Eles só vêm para somar com os atuais sócios que faziam a gestão e para fortalecer a marca do Votuporanguense”, acrescentou o presidente do CAV, Marcelo Stringari. Os dois participaram do programa Resenha Esportiva, da TV Diário, na tarde desta segunda-feira, 4.

Em 2018, o CAV foi campeão da Copa Paulista, porém, neste ano, decepcionou o torcedor e terminou em 13º na Série A-2, com apenas três vitórias em 15 jogos. Na Copa Paulista, foi eliminado na primeira fase.

Marcelo Henrique subiu com a Pantera Alvinegra para a Série A-2 em 2015, iniciou o trabalho no A-2 de 2016 e terá o desafio de levar o clube à elite. “Eu nasci dentro do campo do Votuporanguense, meu pai [Betão] é ex-jogador e desde pequeno eu frequentava. Tenho uma paixão muito grande por este clube. Depois do acesso isso se fortaleceu ainda mais. Cinco anos depois, voltando mais experiente, me motivou bastante e não hesitei em aceitar o convite”, falou o treinador que passou por Olímpia, Comercial e Vila Nova-GO. Também foi auxiliar no Criciúma e Ponte Preta.

O CAV anunciou na última semana as primeiras contratações, com a chegada do zagueiro Lula (ex-Botafogo da Paraíba), o meia Reinaldo Dutra (ex-Ypiranga-RS) e os atacantes Alvinho (ex-São Caetano) e Tom (ex-Água Santa). A apresentação oficial do elenco é no dia 18 de novembro. Na Resenha, o presidente também confirmou a permanência do lateral Danilo Belão, do meia Ricardinho, do goleiro Talles, do meia Léo Santos e do zagueiro Matheus Carrasco.

Amistoso com Tricolor

Por conta da proximidade com Daniel Alves, meia do São Paulo, o CAV sonha com uma partida na pré-temporada entre as equipes, em janeiro do ano que vem. “A gente busca isso. Já foi conversado, fomos lá fazer um amistoso e estamos esperando o calendário. O Fransérgio está tentando viabilizar”, disse Stringari. “Ele tem uma relação muito grande com pessoas do futebol e está trazendo empresários e investidores, e pro clube isso é bom. Agora tem a Copa São Paulo e está programado a presença de olheiros estrangeiros para ver os jogos do Votuporanguense”, acrescentou.

Victor Stok   – diarioweb.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezessete + dezesseis =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password