SAMU orienta sobre afogamentos

Calor e férias, combinação perfeita para nadar! Quem não quer se refrescar em rios, lagoas, piscinas e prainhas? O SAMU de Votuporanga quer orientar você a redobrar atenção, a fim de evitar afogamentos.

O enfermeiro do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) , George Yunis, ressaltou o uso de coletes e boias de braço, que são mais eficientes. “- É necessário verificar se estão bem cheias e se não tem furos. Mesmo com estes itens, recomendamos que as crianças fiquem sempre em áreas rasas e acompanhadas de um adulto. Além disso, é primordial que respeitem as placas de sinalização de perigo e cordas de contenção, evitando o risco”, complementou.

Em relação à ingestão de bebidas alcoólicas, o aconselhável é não entrar na água porque existe a diminuição dos reflexos. “- A pessoa tende a não ter precaução. O consumo de álcool também diminui a atenção. Lembre-se que metade das vítimas sabiam nadar”, afirmou.

Nadar com estômago cheio também pode causar congestão. “- O ideal é esperar uma hora e consumir alimentos leves, pois a digestão é mais rápida”, explicou.

O enfermeiro orientou que as pessoas, ao avistarem um banhista se afogando, devem acionar os números 192 ou 193, que possuem equipes para este tipo de atendimento. “- Quem não tiver o conhecimento e treinamento para este resgate, não deve entrar na água, porque pode ser a próxima vítima. Chame os guardas vidas e espere os profissionais do Samu e Corpo de Bombeiros”, disse.

George pediu muito cuidado com o sol. “- É preciso usar sempre protetor solar indicado para a idade, aplicando 30 minutos antes do contato com a água e a cada duas horas. Evitar exposição em horários críticos, especialmente crianças das 10 às 16h e se proteger com boné e chapéu”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password