Operação fiscaliza 14 estabelecimentos e fecha festa clandestina

Uma operação da Guarda Civil Municipal, Vigilância Sanitária e Vara da Infância e Juventude fiscalizou 14 estabelecimentos e fechou uma festa clandestina, nesta sexta-feira (5), em São José do Rio Preto (SP).

O funcionamento dos locais estão proibidos pelo decreto que colocou todo o estado de São Paulo na fase vermelha, a mais rígida do plano de flexibilização contra a covid-19.

Dos 14 estabelecimentos fiscalizados na cidade, nove foram autuados e os outros orientados. Entre os locais, bares, serv-festas, restaurantes e lanchonetes estavam funcionando de forma irregular.

Na madrugada deste sábado (6), segundo a Guarda Municipal, os agentes receberam diversas denúncias de uma festa clandestina em uma chácara, no bairro San Fernando Valley.

Aproximadamente 200 pessoas, a maioria adolescentes, estavam no local. Alguns fugiram ao ver a viatura da GCM.

Os organizadores não foram encontrados. Uma participante foi qualificada como testemunha. Ela disse que pagou R$ 20 para entrar no evento.

Os responsáveis pelo aluguel da chácara e os organizadores da festa vão responder por infringir a determinação do poder público no combate à propagação do coronavírus.

Os responsáveis pelos adolescentes vão responder de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA. O caso foi encaminhado para a Polícia Civil.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password