Jales recebe pacientes com Covid de Rio Preto e região

Os leitos para casos suspeitos ou positivos da Covid-19 em toda a região estão cada vez mais escassos. A superlotação regional congestiona e atrasa o atendimento a pacientes que precisam de internações muitas vezes com urgência. Durante a pandemia, Jales já registrou inclusive um óbito de um paciente que ficou internado na UPA – Unidade de Pronto Atendimento, devido a falta de leito disponível na Santa Casa. Este paciente seria transferido para a cidade de Novo Horizonte, mas não resistiu as complicações e faleceu antes.

O controle dos leitos é feito a nível regional através da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS), que indica para qual instituição de saúde o paciente será encaminhado.

Com a lotação da Santa Casa e do Hospital de Base de São José do Rio Preto – referências para toda a região -, a Santa Casa de Jales possui, segundo as informações do boletim de ocupação desta terça-feira, 4 de agosto, dois pacientes em internação naturais daquela cidade. Na unidade também estão internados pacientes de Três Fronteiras, Santa Fé do Sul, Votuporanga, Monte Aprazível e Jaci – cidades que não pertencem a microrregião de Jales.

O informe desta quarta-feira, 5 de agosto, mostra um aumento nos leitos de enfermaria e UTI. Antes com 17 e 10 leitos, respectivamente, e agora com 20 e 11. A ocupação de ambos seguem em 90% e 54,55%.

Foco News:

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password