Ex-técnico do Internacional, Eduardo Coudet analisa o futebol brasileiro e afirma: “Os jogadores brasileiros são mais fortes e mais rápidos do que qualquer jogador do mundo.”

O técnico argentino Eduardo Coudet, no final do ano de 2020, tomou uma decisão inesperada e que surpreendeu boa parte dos apaixonados pelo futebol brasileiro: deixou o clube que treinava, o Internacional, com destino ao Celta de Vigo, da Espanha. O técnico se demitiu do clube de Porto Alegre (RS), mesmo com o time na liderança do Campeonato Brasileiro de 2020, além de estar classificado para as oitavas de final da Libertadores e às quartas da Copa do Brasil.

Coudet assumiu o Celta de Vigo na zona de rebaixamento, na 17ª posição do Campeonato Espanhol. Após 30 rodadas já realizadas, em abril de 2021, Coudet conseguiu livrar o time do rebaixamento, garantindo uma posição menos ameaçadora, estando 11 pontos distantes da zona de rebaixamento.

Em entrevista à Betway, casa de aposta online, o treinador analisou o futebol brasileiro, comparando-o com o espanhol. Durante a entrevista,  ele elogiou bastante o futebol brasileiro e seus jogadores: “Os jogadores brasileiros são mais fortes e mais rápidos do que em qualquer lugar no mundo.”  Ele ainda comparou o futebol brasileiro com o de sua terra natal: “São muito diferentes! Na Argentina, é um futebol muito mais físico. O futebol brasileiro não tem tanto contato” avaliou Coudet. “E os jogadores, fisicamente, são mais fortes do que em qualquer parte do mundo, eu acho. São mais velozes, mais técnicos, mas é um futebol que, se eu for dizer a diferença em relação ao argentino, é que não tem tanto toque” declarou o treinador.

Ao chegar ao Celta de Vigo, Coudet treinou pela primeira vez na carreira um clube europeu. Ainda durante a entrevista, o técnico declarou: “Como treinador, é minha primeira experiência não apenas na Europa, mas a primeira vez que não participei da formação do elenco, não fiz uma pré-temporada. É um desafio a mais para continuar crescendo”. Ele assumiu o clube na 17ª posição da LaLiga, conseguindo levar o clube à 11ª posição, com 5 rodadas restantes no campeonato. É a melhor colocação do clube espanhol desde a temporada 2015/2016.

Coudet chegou ao Brasil em dezembro de 2019, sendo anunciado pelo Internacional. Seu contrato era válido até o final de 2021, porém ele decidiu rescindir em novembro de 2020, ficando 10 meses à frente do cargo.

Mesmo com o clube na zona de rebaixamento, Coudet assumiu o Celta em um bom momento. O clube ampliou suas estruturas, inaugurando um novo centro de treinamentos. A estrutura do clube foi elogiada pelo treinador: “Em termos de estrutura, é um passo gigantesco, o que aconteceu com a Cidade Desportiva.”

Além do clube espanhol, o treinador de 46 anos também já comandou os times: Rosário Central e Racing Club, da Argentina, Tijuana, do México e o Internacional de Porto Alegre. Com apenas 6 anos de carreira, o treinador soma dois títulos em seu currículo: Campeonato Argentino e Troféu dos Campeões, ambos conquistados pelo Racing.

 

 

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password