Deputada de SC criticada por decote entrará na Justiça contra agressores

Ana Paula da Silva (PDT) foi atacada com comentários nas redes sociais e encaminhará “prints” para à Justiça.

A parlamentar estadual de Santa Catarina conhecida como Paulinha (PDT) vestiu um macacão vermelho decotado durante a cerimônia de posse no dia 1º de fevereiro. O traje causou polêmica nas redes sociais, entre elogios também surgiram inúmeros internautas deixando ofensas e ameaças à deputada. Agora, o caso será encaminhado à Justiça.

Em entrevista ao Extra, Paulinha revelou que sua equipe já está salvando os comentários e que entrará com uma ação judicial contra os detratores. “- Ser criticada na vida pública é algo normal e esperado. Mas me senti psicologicamente violada. Uma mulher comentou que eu não poderia falar de Deus, pois Deus não abençoaria uma mulher como eu”, contou a deputada.

Ela revelou que não foi fácil se deparar com a enxurrada de comentários pejorativos, muitos com teor machista. “- Chorei muito. Fiquei até as quatro da manhã tentando ler e entender o que um decote pode ter de errado. Me senti frágil como uma mulher se sentiria diante dessa situação”, disse.

Apesar das ofensas, ela recebeu apoio total da família e do namorado, e viu que diversas pessoas tinham saído em sua defesa, inclusive famosas, como Fernanda Young e Maria Ribeiro. “- Tenho recebido tantas mensagens lindas, tocantes e de mulheres que admiro. De políticas, inclusive, que me dizem que agora vão usar o que bem entenderem e falar não ao protocolo”, afirmou a deputada.

De acordo ainda com o gabinete da parlamentar, Ana Paula já acionou o jurídico da Assembleia e sua equipe está documentando os ataques e verificando quem seriam os envolvidos. O material final irá compor uma representação, que deverá ficar pronta na próxima semana para ser entregue à Justiça.

Ana Paula tem 43 anos, é mãe de duas filhas, foi eleita prefeita de Bombinhas/SC duas vezes e se tornou deputada estadual com 51.739 votos. “- Uma mulher bonita, gostosa e além disso inteligente? Ainda é demais para muitos. Mas vamos mudar esse pensamento.Vou continuar vestindo o que eu quero. Não pretendo me violentar para agradar ninguém”, concluiu Paulinha.

0 Comentários

Deixe um Comentário

sete − um =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password