Conheça o Serviço de Nutrição e Dietética da Santa Casa de Votuporanga

São 52 colaboradores que têm grande importância na recuperação das pessoas internadas no Hospital

Eles começam cedo. A partir das 5h, tudo é organizado e iniciam os preparativos para as 1.700 refeições diárias que serão servidas para pacientes e acompanhantes da Santa Casa de Votuporanga.

O trabalho em uma cozinha hospitalar tem grande importância na recuperação das pessoas em tratamento. O Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital auxilia no pleno desenvolvimento do assistido, produzindo cardápios diferenciados com qualidade, sabor e levando em consideração a individualidade de cada paciente.

O Serviço funciona dentro dos padrões exigidos pelas instituições reguladoras e de fiscalização na área da saúde. Possui uma cozinha, onde são preparadas e um almoxarifado, local específico para recebimento, armazenamento e distribuição de gêneros alimentícios.

São 52 colaboradores entre cozinheiras, copeiras, nutricionista, auxiliar administrativo, limpeza e almoxarifado nesta rotina, que é dividida em turnos. “Mais do que fazer uma avaliação nutricional nos pacientes, garantimos assistência e cuidado com um único objetivo: melhorar a qualidade de vida do paciente”, afirmou João Carlos Bragato, nutricionista do Hospital.

O cardápio é variado e as dietas são individualizadas, seguindo a prescrição médica de acordo com a patologia.  Tudo com muito sabor. Para preparação dos pratos são utilizados temperos naturais como: orégano, alho, cebola, cheiro verde, hortelã, manjericão, louro, páprica, açafrão etc. “Temos produtores rurais de Votuporanga e região que nos auxiliam com verduras, legumes, temperos, contribuindo para reduzirmos gastos e deixando nossos pratos ainda mais coloridos”, contou. Interessados em colaborar podem entrar em contato pelo telefone 17 3405-9139.

Além da demanda com pacientes e acompanhantes que chega a 51 mil refeições/mês entre café da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia, o Hospital possui um restaurante para médicos e colaboradores. O consumo médio é de 70 quilos por dia. “Com nosso público interno, trabalhamos a educação nutricional. Quando consumimos os alimentos corretos, nosso corpo recebe os nutrientes, vitaminas e minerais necessários para manter um ótimo funcionamento, inclusive prevenindo doenças como obesidade, anemia, diabetes e tantas outras”, ressaltou o profissional.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, ressaltou o Serviço de Nutrição e Dietética. “A dieta, assim como o medicamento, faz parte do tratamento. A equipe ajuda no desenvolvimento integral dos pacientes, servindo refeições de muita qualidade e sabor. Nossos profissionais são muito dedicados à nossa causa, cuidando com muita empatia e humanização. Nosso muito obrigado”, finalizou.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password