Athletico sofre com baixo rendimento em finalizações e irrita Rafael Guanaes 

Técnico Rafael Guanaes mostra preocupação com rendimento ofensivo do Furacão, que tem apenas uma vitória em cinco jogos. “Finalizar aos 40 minutos é absurdo”, critica. 

O Athletico Paranaense tem mostrado dificuldades para finalizar a gol no Campeonato Estadual. A prova disso foi o jogo contra o Paraná Clube, no último domingo (3), terminando em 1 a 1, na Vila Capanema. A primeira finalização do Furacão veio só aos 40 minutos do primeiro tempo, fato que gerou críticas do técnico Rafael Guanaes, ex-treinador do CAV.  “- Finalizar aos 40 minutos é absurdo e, até certo ponto, revoltante. Nós queremos aproveitar ao máximo a semana cheia para pensar na classificação e ter uma equipe competitiva para o segundo turno”, disse o treinador, em coletiva à imprensa, após a partida. 

Em cinco jogos, o Rubro-Negro soma 28 finalizações, segundo estatísticas do clube, uma média de 5,6 por partida. A equipe atleticana marcou quatro gols, uma média de 0,8 por jogo. O time perdeu para Cascavel CR (1 a 0) e Coritiba (2 a 1), empatou com FC Cascavel (0 a 0) e Paraná (1 a 1), e venceu o Rio Branco-PR (2 a 0). 

Expulso nos acréscimos contra o Paraná, o volante Erick admitiu que o Furacão tem deixado a desejar nas finalizações. “- Jogamos mal o primeiro tempo, assistiu o time deles jogar. Fomos finalizar só aos 40 minutos. É trabalhar, consertar para a gente poder alcançar a vitória.” 

O Athletico faz a última partida da Taça Barcímio Sicupira Júnior contra o Cianorte, no próximo domingo (9), às 17h, na Arena da Baixada. Para esta partida, o Rubro-Negro não terá o volante Erick, que foi expulso nos acréscimos contra o Paraná.  

0 Comentários

Deixe um Comentário

3 × 4 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password