Tribunal de Justiça derruba liminar e volta a cassar prefeito da região

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) derrubou, nesta terça-feira (10), a liminar que mantinha Afonso Macchione como prefeito de Catanduva (SP).

Com a decisão, Macchione foi novamente cassado. A informação foi confirmada ao SBT no interior pela assessoria de comunicação da cidade.

O julgamento do político estava marcado para fev​​ereiro, mas foi adiado e remarcado para hoje.

Quem deve assumir, agora, a prefeitura, é a vice-prefeita, Marta do Espírito Santo Lopes. Caso ela não assuma, quem comandará o município será o presidente da Câmara, Luis Pereira.

​O CASO

Macchione foi cassado em 2019 após investigações feitas pela Câmara da cidade, envolvendo o transporte público da cidade.

Em 2018, vereadores da cidade rejeitaram a renovação do contrato de concessão do transporte público municipal, além do lançamento de uma nova licitação.

A prefeitura chegou a utilizar ônibus escolares durante o recesso da educação para tentar reverter a decisão e chegou a elaborar um contrato emergencial, mas o acordo foi rompido em seguida.

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password