MORADORES DE RUA: vereador Jura pede à Prefeitura medidas preventivas durante baixas temperaturas

Durante o seu pronunciamento proferido na tribuna da Câmara Municipal durante a sessão ordinária da última segunda-feira, dia 26, o vereador Jurandir Benedito da Silva, o Jura (PSB) pediu ao prefeito Jorge Seba que tome medidas urgentes neste período de baixas temperaturas para atender pessoas com vulnerabilidade social, principalmente os moradores de rua.

Nesta terça-feira, dia 27, atendendo a solicitação feita por vários vereadores, entre eles, Jura, o prefeito Jorge Seba anunciou, juntamente com o seu secretariado, medidas para ajudar os moradores de rua. Por determinação do chefe do Executivo, um espaço do antigo CSU – sede da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, foi adaptado para receber moradores de rua.

Para acolher provisoriamente moradores em situação de rua nos dias e noites mais frias previstas para essa semana, a Prefeitura de Votuporanga adaptou duas salas multiuso para homens e mulheres do CSU (Centro Social Urbano), na região sul da cidade.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Fundo Social de Solidariedade estão oferecendo café da manhã e refeições no almoço e jantar, além de disponibilizar cobertores e itens de higiene pessoal para acolher essas pessoas com dignidade e segurança.

Por sua vez, o vereador Jura ressaltou essa iniciativa do Executivo e que trará mais conforto e segurança a esse público.

Jura destacou que “muitas pessoas que vivem em situações de vulnerabilidade social, pernoitando pelas ruas da cidade, pessoas que estão abrigadas em instituições com poucas condições financeiras, famílias desprovidas nas mínimas condições de sobrevivência, estarão em risco, pois estão expostas ao frio intenso”, disse.

A sua solicitação foi encaminhada ao prefeito Seba nesta terça-feira, pela manhã, e logo no período da tarde, o Executivo criou essa força-tarefa para atender a essas pessoas neste espaço disponibilizado no CSU. “Pedimos ao prefeito sua importante intervenção no sentido de organizar rede de apoio às pessoas que estarão vulneráveis, mobilizando as Secretárias Municipais afetas à questão, entidades filantrópicas afins, além de voluntários, que sempre estão a postos para ajudar os mais necessitados”, justificou Jura.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password