Sobrevivente de tentativa de homicídio assina termo e deixa hospital mesmo sem ter alta

Fabiano Pereira da Silva, de 29 anos, passou por cirurgias e precisa permanecer no hospital até se recuperar, mas pediu para ir embora. Três suspeitos foram detidos.

O homem que sofreu uma tentativa de homicídio dentro da Santa Casa de Araçatuba/SP deixou o hospital na madrugada deste sábado (25) depois de pedir alta e assinar um termo de compromisso.

Fabiano Pereira da Silva, de 29 anos, foi internado na unidade hospitalar após ser baleado em uma das pernas, no dia 18 de janeiro, em Valparaíso/SP.

Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos invadiram o local na manhã de sexta-feira (24), subiram até o segundo andar do prédio onde Fabiano estava e atiraram duas vezes contra a vítima, que foi atingida no braço e na mão. Câmeras flagraram-nos andando nas proximidades do hospital.

Três suspeitos, um menor e dois maiores, foram detidos horas depois do crime ter sido cometido. Um deles foi encontrado no bairro Porto Real II e os outros dois no Águas Claras.

Fabiano tinha sido submetido a uma cirurgia na perna atingida, mas, ao tentar fugir dos criminosos, a apoiou no chão e os ferimentos abriram. Por isso, precisou ser submetido a um novo procedimento.

Como a vítima precisaria permanecer mais tempo internada para se recuperar, os médicos não autorizaram que ela fosse liberada. Contudo, Fabiano deixou o local.

Detenção

Os três suspeitos de participarem do crime foram detidos na tarde de sexta-feira. De acordo com o tenente da Polícia Militar Luís Henrique Nogueira, testemunhas passaram informações sobre as características dos suspeitos e o carro usado para praticar a tentativa de assassinato.

Depois de receberem uma denúncia informando que o veículo utilizado pelos criminosos estava trafegando pelo bairro Porto Real II, policiais militares começaram a fazer diligências e conseguiram encontrá-lo.

O motorista do veículo tentou fugir, mas foi detido e passou o endereço de onde os outros dois suspeitos de participarem do crime estavam. A polícia foi até local e conseguiu detê-los.

Ainda segundo o tenente, a dupla, composta por dois irmãos, sendo um menor e outro maior, afirmou que Fabiano tinha sido autor de uma tentativa de homicídio contra um integrante da família.

A arma utilizada no crime ainda não foi localizada, mas a polícia está fazendo diligências para encontrá-la. Os três criminosos, sendo um menor de idade e outros dois maiores, foram levados para a delegacia de Araçatuba, onde prestaram depoimento ao delegado de plantão. Eles estão passando por audiência de custódia. O caso continua sendo investigado.

Invasão

Dois homens armados invadiram a Santa Casa de Araçatuba e atiraram em um paciente que estava sendo atendido na unidade.

Segundo a Santa Casa, o alvo dos criminosos é um paciente de 29 anos que está internado no hospital desde sábado (18) após sobreviver a uma tentativa de homicídio em Valparaíso.

De acordo com as informações obtidas pelo G1 e pela TV TEM, dois rapazes chegaram em um veículo prata e entraram na unidade hospitalar. Eles tentaram entrar pela ala do pronto-socorro, mas foram proibidos.

A dupla foi para a entrada principal e disse que iria entregar um lanche para um paciente, tendo a entrada liberada.

Os criminosos entraram em uma ala do hospital, no segundo andar, e atiraram pelo menos duas vezes no paciente. A vítima foi baleada na mão e no braço. As cápsulas ficam no chão do quarto.

Depois do disparo, os autores fugiram pela ala de urgência e emergência do hospital. Outros dois pacientes estavam na mesma ala e, segundo o hospital, não ficaram feridos.

A Polícia Militar informou que o paciente, vítima da tentativa de homicídio, tem passagens pela polícia, inclusive por homicídio. O hospital também vai apurar como o homem entrou no local.

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password