Saúde nega certificado para quem tomou 2ª dose diferente da 1ª