SanSaúde inova com projeto de cuidados com terceira idade

Iniciativa irá acompanhar usuários com 59 anos ou mais com orientações sobre uso de medicações, cuidados alimentares e de vida saudável, entre outros:

Em meio a uma rotina cada vez mais corrida, cuidar da saúde nem sempre é prioridade. A maioria das pessoas ainda deixa para procurar tratamento médico apenas quando o sintoma da doença já se manifestou. E o impacto dessa decisão interfere diretamente em sua recuperação.

Já dizia o ditado popular: prevenir é melhor do que remediar. O SanSaúde concorda com essa afirmação e, por isso, implantou um projeto que tem tudo a ver com Medicina Preventiva.

Os usuários com 59 anos ou mais de idade serão acompanhados pela equipe de Saúde da Família. O principal foco neste início será na prevenção e no cuidado das doenças cardiovasculares (as que mais matam no mundo) e, por isso, hipertensos e diabéticos terão uma atenção ainda mais especial.

A gestora do SanSaúde, Luana Romano, ressaltou que o convênio está seguindo a tendência de outras grandes operadoras do país e orientações da Agência Nacional de Saúde Suplementar, por um direcionamento maior à prevenção e promoção da saúde, com ênfase na Atenção Primária à Saúde (APS) e na Medicina de Família e Comunidade.  “Trata-se de um projeto moderno onde a vida do indivíduo é vista de maneira global e equânime. Estudos têm demonstrado que sistemas baseados na APS dão melhores resultados aos usuários com menor custo. Usualmente, profissionais que trabalham com o cuidado centrado nas pessoas também têm mais satisfação, de modo que é uma iniciativa em que todos, usuários, trabalhadores e operadora ganham em qualidade”, enfatizou.

O Médico de Família e Comunidade, Dr. Ernesto Hoffmann, explicou o objetivo. “O projeto visa “quebrar com a lógica” de utilizar o plano de saúde somente quando se está doente. A ideia é poder realizar consultas ou avaliações preventivas com uma certa periodicidade para evitar que problemas de maior gravidade venham a surgir. Queremos que o paciente não fique sozinho cuidando de si mesmo, passando a ter uma equipe que lhe ajudará”, ressaltou.

Todos os usuários do SanSaúde com 59 anos ou mais estão convidados a participar. “Estamos entrando em contato com todos para conhecer o projeto. Também aplicamos um questionário com o objetivo de conhecer melhor o paciente e seus problemas de saúde a fim de ofertar um cuidado mais direcionado”, afirmou.

Como funciona
Os participantes terão um espaço especial reservado nas agendas do médico e da enfermeira do projeto. “Quando vêm consultar, fazemos uma avaliação clínica e de exames de rotina e, a partir disso, dividimos os pacientes em três grupos por ordem de prioridade. Aqueles que necessitarem de maior cuidado serão chamados para reavaliações a cada quatro meses; outros de seis em seis meses; e com menor necessidade anualmente. Mas, nada impede de, antes deste período, estes pacientes voltarem para consultas caso estejam doentes ou sentindo algo”, ressaltou.

A importância da iniciativa é orientar os clientes da ideia de que é muito melhor utilizar o plano preventivamente do que para tratamento ou reabilitação. “Os participantes farão uma avaliação periódica e, assim, receberão orientações do médico e enfermeiro sobre o uso das medicações, cuidados alimentares e de vida saudável, e outros profissionais, de forma multidisciplinar podem ser envolvidos. Por exemplo, quando necessário, poderão ser encaminhados a algum médico especialista, de nutrição ou de psicologia, e retornar depois para os cuidados ao longo do tempo com a equipe de saúde da família”, finalizou.

O provedor da Santa Casa, que administra o plano, Luiz Fernando Góes Liévana, elogia a iniciativa. “Nosso principal objetivo com este projeto é priorizar a prevenção, desta forma, melhorando a qualidade de vida dos usuários da nossa operadora de saúde. Parabéns aos envolvidos”, disse.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password