Preso é morto pelo Baep após fugir do CPP de Rio Preto

Um detento foi morto pela Polícia Militar na noite de quarta-feira, 17, após fugir do Centro de Progressão Penal (CPP) de Rio Preto. Mais três presos do regime semiaberto conseguiram escapar. O caso acontece um dia após rebelião em quatro unidades prisionais.

O preso teria sido encontrado por uma equipe do Batalhão de Ações Especiais de Rio Preto (Baep) escondido em uma chácara nas proximidades do CPP, em companhia de mais três detentos. Ao deparar com os PMs, ele teria sacado uma arma e disparado contra o Baep, que revidou.

O nome do detento não foi ainda divulgado pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) e nem informado se ele fazia parte dos 1,6 mil presos que seriam beneficiados com a saída temporária programada para ocorrer de 17 a 23 de março, cancelada, por conta do risco de contaminação com o coronavírus.

O corpo do detento foi enviado para o Instituto Médico Legal de Rio Preto. Os PMs do Baep prestaram depoimento na Central de Flagrantes. A arma usada pelo policial para matar o detento e a arma do preso foram apreendidas e serão submetidas à perícia.

Os parentes do detento morto foram até a Central de Flagrantes para solicitar a liberação do corpo para sepultamento.

Desde a noite de terça-feira, a PM tinha aumentado o patrulhamento nas imediações do CPP e Centro de Detenção Provisória de Rio Preto (CDP) porque havia o risco de rebelião nas duas unidades prisionais.

Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com.br

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    cinco − 4 =

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password