Polícia Ambiental flagra homem com armadilha e pescador com rede

Equipe de Policiamento Ambiental Rural registrou mais um caso de caça ilegal na região. Desta vez foi no bairro ” Córrego do Peba”, em Santa Fé do Sul, onde policiais militares ambientais se depararam com um indivíduo que estava arrumando uma cerca na propriedade fiscalizada, e assim que percebeu a presença da equipe policial, tentou esconder um objeto embaixo de uma lona, que estava na carreta de trator parada no local.

Foi realizaram a abordagem e os policiais localizaram uma armadilha de ferro, popularmente conhecida como “jequi”, para captura de animais da fauna silvestre nativa. Questionado a respeito da armadilha, ele alegou que o equipamento era de sua propriedade, e que havia armado, porém não havia capturado nenhum animal.

Por isso, administrativamente, foi elaborado um Auto de Infração Ambiental “ Por caçar animal da fauna silvestre nativa sem autorização da autoridade competente” conforme art. 25 da resolução SMA 048/2014. A armadilha foi apreendida e está depositada no almoxarifado da Base Operacional de Santa Fé do Sul.

PESCA COM REDE

Em outra ocorrência, policiais militares ambientais flagraram um pescador amador às margens da represa “Represa de Ilha Solteira, Córrego do Engano”, município de Três Fronteiras utilizando uma tarrafa de nylon duro, com malhas de 65mm, sendo que havia capturado dois peixes da espécie porquinho, pesando 0,345 kg.

Diante da infração ambiental, foi confeccionado Auto de Infração Ambiental, penalidade de multa simples no Valor de R$ 1.413,80 “Por pescar com petrecho proibido, por infringência ao Artigo 36 da Resolução SMA 48/2014, o pescado apreendido foi solto por estarem vivos, e a tarrafa recolhida na Base Operacional de Santa Fé do Sul.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password