Polícia Ambiental flagra corte de jatobá e depósito clandestino

Durante a operação “Pan Amazônica” da Polícia Ambiental, com a fiscalização com vistas ao transporte e depósito irregular de madeira nativa, um morador de Macaubal foi flagrado por uma equipe com o depósito clandestino de madeira nativa na área central da cidade.

Foi constatado em um galpão diversas espécies de madeiras nativas serradas, em diversos cortes, onde segundo o proprietário veio de propriedades onde prestava serviço.

Efetuada diligências no local da intervenção, foi flagrado o corte de uma árvore de grande porte da espécie Jatobá sem autorização, também na área urbana da cidade.

Pelas irregularidades constatadas, foram lavrados administrativamente contra os envolvidos, Auto de Infração Ambiental (multa simples) no valor de R$ 2.640,00, por ter em depósito madeira nativa sem autorização da autoridade competente e Auto de Infração Ambiental (Advertência) por efetuar o corte de um exemplar arbóreo nativo isolado da espécie “Jatobá”.

TRANSPORTE IRREGULAR EM JALES

Também durante a Operação “Pan Amazônica” foi flagrado por uma equipe da Polícia Ambiental o transporte irregular de madeira nativa.

Um caminhão foi abordado e vistoriado no Distrito Industrial do município de Jales. O condutor possuía uma GF3 (Guia Florestal, necessária para o transporte de madeiras nativas), porém divergente com a carga transportada, gerando a apreensão da madeira e um Auto de Infração Ambiental (multa simples) no valor de R$ 5.045,00, por transportar madeira nativa em desacordo com a licença obtida.

Votutudo

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password