PF faz operação contra pornografia infantil e estupro de vulneráveis

Morador de Araçatuba/SP publicava vídeos estuprando vítimas com idades entre 5 e 12 anos na deep web. Ação é resultado de cooperação com a polícia internacional.

A Polícia Federal de São Paulo deflagrou na manhã desta quarta-feira (9) uma operação contra pornografia infantil e estupro de vulneráveis. A operação Desvelado é uma cooperação com a Interpol em Lyon, na França.

O alvo é um brasileiro que seria o responsável pela criação e manutenção de um dos maiores fóruns em língua portuguesa de pornografia infantil na deep web (web profunda), que são sites invisíveis que não são acessados em mecanismos de buscas.

Segundo a PF, um homem de cerca de 50 anos que mora em Araçatuba, no interior de São Paulo, publicava grande quantidade de vídeos e fotos estuprando diversas vítimas, além de disponibilizar a plataforma para usuários do mundo inteiro.

As idades das meninas variavam entre os 5 e os 12 anos. Sua filha está na lista das prováveis vítimas. A polícia investiga a comercialização de parte do acervo criminoso produzido pelo investigado.

De acordo com a Polícia Federal, por enquanto, não há indicação da participação de terceiros. No entanto, a confirmação vai ocorrer após análise da mídia apreendida no local e pelos depoimentos dos envolvidos (agressor, vítimas e familiares).

O crime de publicação de imagens de pornografia infantil prevê pena de 3 a 6 anos de reclusão. Já o estupro de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão.

FONTE: Informações | g1.globo.com

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password