PF faz buscas contra alvos ligados a Renan, Jader, Eduardo Braga e outros nomes do MDB

Seis senadores e ex-senadores do MDB, que foram alvos de intimação, são suspeitos de receberem propina da JBS.

A Polícia Federal está fazendo, nesta terça-feira (5), busca e apreensão em endereços de empresários e supostos laranjas de ligados a pelo menos seis senadores e ex-senadores do MDB suspeitos de receberem propina da JBS . Entre os alvos centrais da investigação estão o ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), Jader Barbalho (PA) e Eduardo Braga (AM), segundo disse ao GLOBO uma fonte que conhece o caso de perto.

Também é alvo da investigação o ex-senador Vital do Rêgo (PB), ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), órgão responsável por zelar pelas contas públicas. Os senadores e ex-senadores foram alvos de intimação. Renan Calheiros deveria depor ainda hoje. Mas como está em Alagoas pediu, por intermédio do advogado, para prestar esclarecimentos em outra data ainda não definida.

“O senador nunca se negou a colaborar com qualquer investigação. Ele está a disposição da Justiça. Só não confirmamos o depoimento para hoje porque ele não está em Brasília”, disse o advogado Luis Henrique Machado. O advogado reafirmou, em nota, que o senador não é alvo de mandados de busca.

Também através de nota, os advogados de Eduardo Braga reiteraram que o senador está à disposição para colaborar com as investigações.

As investigações tiveram origem na delação de executivos da J&F, controladora da JBS. Os senadores teriam recebido recursos da empresa durante a campanha de 2014. Os pedidos de busca foram feitos pela Procuradoria-Geral da República e autorizados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Fachin determinou que polícia e ministério público mantenham a operação em sigilo.

FONTE: Informações | O Globo

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password