Pequeno João Pedro, diagnosticado com leucemia, precisa de doações de sangue 

Familiares e integrantes da escolinha de futsal iniciaram campanha para o garoto sorridente, que sonha em jogar como o português Cristiano Ronaldo ou ser policial. 

João Pedro Camargo Mendes, de 7 anos, que sonha jogar futebol como o português Cristiano Ronaldo, mas no gol, isso mesmo, defender a meta do Santos. Mas caso não consiga, ele já tem um plano B, planeja então ser um policial. Porém, um diagnóstico de leucemia há seis meses, precisou interromper temporariamente seus desejos para iniciar o tratamento contra a doença no Hospital da Criança e Maternidade de São José do Rio Preto/SP. 

Para voltar a jogar e seguir seus sonhos, o garoto conta com a ajuda de familiares e integrantes da escolinha de futsal do Rio Preto Futsal. Eles começaram uma campanha para que sejam feitas doações de sangue e plaquetas para que tanto ele quanto as outras crianças internadas no HCM possam passar pelas transfusões e continuar escrevendo suas histórias. 

“As crianças que estão em tratamento de quimioterapia fazem transfusão de sangue e de plaquetas com frequência. Um dia desses ele precisou e o Hemocentro estava com estoque muito baixo. Os ‘guerreirinhos’ da oncologia não podem esperar. Comecei a pedir as doações a amigos e familiares porque não é só meu filho que precisa e, sim, muitas crianças”, disse Aline Fabiana Venturini Camargo, 29, mãe de João Pedro.

Aline descobriu que o filho estava com leucemia ao observar caroços no pescoço dele. “Fica um alerta aos pais que têm crianças com essa doença. Eles devem procurar o médico o mais rápido possível. Diante de qualquer sintoma, com o diagnóstico precoce, a chance de cura é de 80%. A intenção dessa campanha é ajudar todas as crianças, não só o João Pedro, e deixar o estoque sempre abastecido”, conta. 

Torcedor do Santos, João Pedro era aluno da escolinha Rio Preto Futsal e jogava no gol e na linha. “Nosso João Pedro está precisando de doação de sangue e o que pudermos fazer para conseguir mais pessoas para doarem, vamos fazer. É um excelente garoto, sonha em ser goleiro. Vamos participar ativamente e ele vai se recuperar logo e voltar a jogar”, disse Júlio Martins, coordenador do Rio Preto Futsal. 

Outra paixão de João Pedro é a polícia. No fim do ano passado o jovem foi presenteado com uma farda pelos policiais. “Ele adora a polícia. Eles vieram trazer uma farda para ele, que ficou super feliz”. 

Hoje (7), João Pedro completa sete anos e a mãe espera a recuperação dele como o maior presente de aniversário. “Ele já está em casa. Só é internado quando tem alguma intercorrência ou para fazer algumas seções de quimioterapia. Ele teve alta na sexta e estamos em casa, inclusive comemoramos seus sete aninhos neste último fim de semana. Será um grande presente a sua recuperação”, finaliza Aline.

Doações

Segundo Andreia Aparecida Garcia Guimarães, diretora técnica do Hemocentro, o nível de estoque de sangue está razoável. “Tivemos várias campanhas que contribuíram e estamos trabalhando dentro de um limite confortável até. Temos que manter o mínimo de bolsas do tipo 0 negativo”.

Para doar, a pessoa deve pesar mais que 50 quilos, ter de 18 a 60 anos e levar um documento de identificação. O Hemocentro funciona diariamente das 7h às 13h, inclusive aos sábados e domingos. 

*Informações Diário Web

1 Comentário

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mimPerdeu sua senha?

Lost Password