Pandemia: live oferece conselhos sobre pais e filhos em casa

Franqueza, carinho e diálogo são considerados fundamentais; live completa está disponível para acesso no facebook.

As medidas de enfrentamento ao novo coronavírus fecharam escolas no mundo todo com a interrupção das aulas presenciais. A estimativa é de que mais de 850 milhões de crianças e adolescentes foram atingidas, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – Unesco.

Preocupados com esta situação e afim de debater soluções, o Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Noroeste Paulista – ADE Noroeste Paulista promoveu a live “Família: relação de pais e filhos em época de pandemia”. Por mais de uma hora, o assunto foi debatido pelo coordenador executivo do Arranjo e Secretário Municipal de Educação, Ederson Marcelo Batista, e as psicólogas Fernanda Dias Sereno Molina e Sabrina Magossi Mainardi.

live foi realizada na tarde desta segunda-feira (11/5) e continua disponível no facebook do ADE Noroeste Paulista para que todo interessado possa assistir.

“Estamos vivendo uma situação inesperada e de grande magnitude que exige a atenção de pais, familiares e educadores para com nossas crianças e adolescentes. A quarentena está mexendo com o equilíbrio emocional de todos e, para esse público em desenvolvimento, pode deixar muitas marcas. Precisamos estar atentos a casos de ansiedade e de mudanças de comportamento e se necessário pedir ajuda”, destacou Marcelo.

Para as psicólogas, o mais importante neste momento é a humanização e o afeto entre todos. “Depois dessa fase passar, todos vamos nos ajustar com o conteúdo programático, mas a saúde mental e o equilíbrio emocional não podem ser deixados de lado. Os filhos precisam se sentir seguros e tranquilos e é um grande desafio para os pais que, muitas vezes, têm que se dividir em atividades domésticas e home office. O conselho é montar uma rotina, clara e sensata, com a união de toda a família e pedir ajuda se necessário”, disse Sabrina.

Fernanda comentou que “a ansiedade de todos é normal. Tem dias que estamos mais tranquilos e tem dias que não. Com as crianças, em casos de grande ansiedade, recomendamos o diálogo. Numa ambiente calmo, chame a criança para conversar, pergunte o motivo da aflição e o que pode deixá-lo melhor. Os pais precisam evitar o embate e não chamar a atenção dos pequenos o tempo todo. Isso pode prejudicar a relação da família e trazer ainda mais estresse”.

O Secretário Municipal de Educação, Marcelo Batista, falou da importância dos pais aproveitarem este momento para criar ainda maior vínculo com os filhos. “Vamos ver o lado bom disso tudo e nos aproximar ainda mais dos pequenos, ampliar o diálogo e dar ainda mais carinho e segurança a eles”, comentou.

A psicóloga Fernanda orientou da importância da franqueza dos pais com os filhos sobre o atual momento de enfrentamento ao coronavírus. “Temos que ter essa conversa até mesmo com os mais novinhos. Devemos usar termos infantis, lúdicos e o contexto do conhecimento de cada um para explicar este cenário de maneira simples, sem transmitir pânico, com tranquilidade, mas todos devem estar cientes”, disse.

Sabrina reforçou que os pais não podem tratar o isolamento como algo ruim. “As crianças também sofrem sem seus amiguinhos, mas não podemos transformar a casa numa prisão. É preciso ter criatividade e leveza para passarmos por isso”.

Marcelo chamou a atenção também para importância dos pais acompanharem o conteúdo assistido pelas crianças nos celulares e computadores. “Precisamos ter cuidado em relação às redes sociais e os contatos dos pequenos com outras pessoas, por meio da internet. Temos vários benefícios com a tecnologia, mas sabemos também dos riscos”.

Fernanda complementou que os pais devem inserir as crianças na rotina de casa, dividir tarefas, atividades de culinária, ler histórias e não deixar os filhos o tempo todo conectados.

live registrou a participação de internautas de Votuporanga e de várias cidades do Estado, como de Guaraci, Guarani D´Oeste, Ibirarema e Poloni.

Fernanda Dias Sereno Molina é psicóloga formada pelo Centro Universitário de Itajubá. Especialista Educação Especial Inclusiva pela PUC e em Terapia Sistêmica Familiar pela Famerp.

Sabrina Magossi Mainardi é psicóloga formada pela Unesp/Assis e especialista em Psicoterapia Psicanalítica pelo CEPSI/SP.

Gestão em tempos de Coronavírus

No dia 29 de abril, o ADE Noroeste Paulista promoveu a primeira live via facebook. O XLV FET – Fórum Educação para Todos do ADE Noroeste Paulista contou com a participação simultânea de educadores e gestores de 65 municípios integrantes do grupo e também de outras cidades brasileiras. Em pauta, os desafios da gestão escolar em tempos de Coronavírus. A transmissão está disponível no link www.facebook.com/adenoroestepaulista.

ADE Noroeste Paulista

O Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Noroeste Paulista – ADE Noroeste Paulista reúne 65 cidades da região de Votuporanga e é responsável por discutir a educação que irá impactar na vida de mais de 51 mil alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental, de mais de 250 Escolas Públicas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental.

A transmissão está disponível na página do ADE no facebook (www.facebook.com/adenoroestepaulista). Novos encontros virtuais devem acontecer para orientação de gestores e educadores.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password