No AC: Homem grava vídeo nu na frente dos filhos e vai preso, ‘queria fazer sucesso no WhatsApp’, diz delegado 

Pai pediu que o filho mais velho, de 9 anos, gravasse o vídeo pornográfico. Mãe presenciou a cena, diz delegado. 

Um homem de 45 anos foi preso em flagrante ontem (23), após gravar um vídeo nu na frente dos três filhos, de 9 e 7 anos e um bebê de menos de um ano. O caso aconteceu no município de Rodrigues Alves, no interior do Acre. 

“Esse homem estava absolutamente nu e dançando na frente dos filhos. Pediu ao filho de 9 anos para gravar as orgias dele. No momento da gravação, estava presente outra criança de sete anos e um [bebê] de menos de um ano. A esposa dele assistiu tudo e nada fez”, informou o delegado Obetânio dos Santos que investiga o caso. 

De acordo com o delegado, a mulher negou que tenha assistido a cena, mas o menino que gravou o vídeo afirmou que a mãe assistiu tudo. 

“Quando questionado a cerca do motivo pelo qual mandou gravar aquele vídeo, ele disse que sabia que aquilo ia fazer sucesso nos grupos de WhatsApp da vida”, informou. 

O delegado disse ainda que homem estava são e que o intuito de gravar o conteúdo era de fazer a exibição. “No entanto, ele esqueceu que estava diante da família dele. Que ele é o alicerce e tem a obrigação de orientar, e passar o melhor exemplo”, advertiu o delegado. 

Depoimentos 

Ainda segundo informou o delegado, durante o depoimento, o garoto teria dito que todos na família já foram vítimas de violência familiar, inclusive a mãe. Mas negou que tenham sido vítimas de abuso sexual. 

“No momento em que a criança foi ouvida, ele disse que todos em casa já tinham sido vítimas do homem. Mas o menino contou que o pai deu a ele a incumbência de gravar o vídeo”, disse. 

O delegado informou que vai continuar as investigações. O homem foi preso em flagrante e levado para a delegacia de Cruzeiro do Sul, onde foi ouvido pela polícia, autuado e encaminhado para o presídio do município. 

O delito cometido, de gravar pornografia, segundo o delegado, tem pena prevista entre 4 a 8 anos de prisão. 

FONTE: Informações | G1/AC 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password