Morador de rua viraliza ao cantar Gusttavo Lima pelas ruas de SP

Ele foi registrado em Cananeia, por um motoboy. Vídeo viralizou nas redes sociais.

https://www.instagram.com/p/B864ZIthKaN/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=embed_video_watch_again

Um morador de rua que sonha em ser cantor foi flagrado em Cananeia, no litoral de São Paulo, cantando um sucesso de Gusttavo Lima. Com a imitação bastante afinada, o vídeo acabou sendo compartilhado pelo próprio sertanejo e acabou viralizando. Elciney Daniel das Graças, de 26 anos, conhecido como Bruno ‘Mineirinho’, é de Nova Serrana, Minas Gerais, e se mudou para São Paulo em busca do sonho de ser cantor.

No registro feito no início de fevereiro, Mineirinho, como prefere ser chamado, canta Milu, sucesso de Gusttavo Lima. Na publicação, ele recebeu elogios de famosos como Lucas Lucco, que comentou que ele “cantou demais”, e César Menotti, que disse que o jovem “cantou bonito”. A publicação já somava mais de dois milhões de visualizações nesta quinta-feira (27).

O vídeo foi feito pelo motoboy Edgar Cunha Branco, de 33 anos, que contou ao G1 que conheceu o homem em Cananeia. “Fui abastecer minha moto e escutei o Mineirinho cantando enquanto recolhia latinhas. A voz me cativou e eu pedi para ele continuar. Conversei rápido, e três dias depois encontrei ele novamente”, relata. Edgar conta que apresentou o rapaz aos amigos e filmou. Os vídeos foram publicados em uma rede social.

O motoboy explica que descobriu o problema com o álcool do homem e tentou ajudá-lo. Edgar relata que perguntou se o homem tinha fé de que o vídeo faria sucesso e que as oportunidades chegariam. “Ele confirmou, e eu disse que juntando a minha fé e a dele daria algo bom. E realmente deu”, comemora.

Além do motoboy, o morador de rua encontrou outras pessoas que o ajudaram, como o comerciante João Candido de Oliveira Júnior, de 47 anos. Depois da temporada em Cananeia, o morador de rua passou por Juquiá, cidade em que João mora. O empresário decidiu ajudá-lo depois de descobrir sua história e seu talento com a música.

“Separamos roupas para ele e depois de conversar e aconselhar que ele parasse com a bebida, fiz um convite para o rapaz cantar em um evento da cidade”, conta. O rapaz aceitou e cantou duas músicas no palco do Verão Quente 2020. O comerciante também conseguiu contato com a família, e colocou ele em contato com uma prima de Minas Gerais.

Relacionamento com a família

Bruno ‘Mineirinho’ durante apresentação em Minas Gerais — Foto: Arquivo Pessoal

Em entrevista ao G1, a prima de Mineirinho, Mara Cristina das Graças, de 31 anos, conta que ele teve muitas dificuldades na infância. “Os pais morreram quando ele ainda era bebê, e o irmão gêmeo desapareceu. Ele ficou mal, começou a beber”, comenta. Ela diz que ele foi criado pelos avós e cantava em casas de shows da região, e decidiu se mudar para São Paulo em busca de oportunidades.

“Ele foi com a coragem e um sonho”, comenta. A dona de casa explica que o primo sempre quis ser cantor, e até pediu para ser chamado de Bruno por ser mais ‘artístico’.

Ela ainda relata que descobriu que o primo estava em situação de rua e tentava manter contato com ele, mas com muita dificuldade. “Receber a ligação e ver um vídeo dele cantando foi uma grande emoção.Foi lindo ver ele e saber que ainda existem pessoas boas”, finaliza.

G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password