Médico orienta sobre cálculos renais

No dia do Urologista, comemorado nesta quinta-feira (12/9), o SanSaúde explica mais sobre esta especialidade.

Nesta quinta-feira (12/9), é comemorado o Dia do Urologista, profissional indispensável para a saúde do homem, mas não se limita apenas ao atendimento do sexo masculino. Para celebrar a data, o SanSaúde explica um pouco mais sobre esta especialidade também importante para as mulheres, por tratar de todas as condições associadas ao trato urinário.

O médico Dr. Robison José Manfredi, conveniado do plano, falou sobre os cuidados. “O urologista faz o diagnóstico e tratamento de doenças do aparelho urinário masculino e feminino, basicamente dos rins e seus canais e da bexiga. Especificamente nos homens, cuida também da próstata, das doenças dos genitais masculinos, impotência e infertilidade masculina”, destacou.

Ele explicou sobre a rotina no consultório. “As doenças mais frequentes são as pedras nos rins, com as terríveis cólicas renais, infecções urinárias e avaliação de rotina de próstata. Mas temos um leque grande de outras patologias como tumores de rins, bexiga, queixas de disfunção erétil (impotência), tratamento de doenças de transmissão sexual, infertilidade e todas as outras que envolvem o sistema urinário”, disse.

Dr. Robison orientou sobre cálculos renais, comuns em regiões de clima quente e seco, com um importante fator de antecedente familiar. “Antigamente, achava-se que uma dieta rica em cálcio era preponderante, mas hoje descobrimos que não é o vilão. Mesmo que privemos totalmente as pessoas de cálcio, ainda assim, a grande maioria continuará a formar pedras. Há outras substâncias que favorecem a agregação destes cristais, sendo o ácido úrico o principal. Assim, a recomendação de diminuição da proteína animal na dieta (carnes em geral), vai concorrer para que o ácido úrico diminua e assim, em tese, reduza a formação de pedras”, afirmou.

Ele sugeriu o consumo de frutas ácidas. “O ácido cítrico vai oferecer um fator de proteção contra a agregação destes cristais e diminuem a tendência à formação de cálculos renais”, complementou.

Sobre o tratamento, o médico explicou que há métodos extremamente avançados. “Temos de Litotripsia Flexível à Holmium Laser, que tem uma eficácia quase em torno de 100%”, disse.

Câncer de bexiga

O urologista também falou dos casos de câncer de bexiga. “A maioria deles descoberta ao acaso num exame qualquer de ultrassom ou por queixas de sangramento ao urinar. A exemplo de todos os cânceres no ser humano, sujeito a fatores ambientais, hereditários, hábitos diários e alimentares. Os mais importantes neste caso, o tabagismo e o etilismo, estão os grandes responsáveis pelo aparecimento de grande parte desses tumores”, frisou.

Quando devo procurar um urologista

Dr. Robison contou que todos os homens acima de 45 anos de idade devem procurar para a realização do exame de rotina anual (prevenção de câncer de próstata). “Homens e mulheres que notarem alterações na urina, como cor, aspecto entre outras, devem ir no consultório, além de pessoas com familiares com doenças do aparelho urinário, para orientações gerais a respeito”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password