Madeireira é multada pela Polícia Ambiental em Cosmorama por diferença no estoque

Uma madeireira de Cosmorama foi multada hoje em mais de R$3,7 mil por manter estoque sem a devida documentação dos órgãos ambientais.

A constatação foi durante Policiamento Ambiental naquele município, quando os policiais militares ambientais realizaram fiscalização em um pátio madeireiro, sendo constatadas divergências entre o estoque virtual e o estoque físico.

Desta forma, foram elaborados contra a empresa fiscalizada os seguintes Autos de Infrações Ambientais: – “por ter em depósito 3,7912 m³ de madeira nativa”, com valor de R$ 1.137,36, sendo apreendida a madeira nativa serrada; e “por vender 8,8143 m³ de madeira”, com valor de R$ 2.644,29.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password