Justiça condena um e absolve dois dos acusados por homicídio em Votuporanga 

Paulo Vitor Sestito Araújo, à época com 24 anos, foi assassinado a tiros na Rua Dos Lírios, esquina com a Rua Minas Gerais, no bairro São João, no dia 14 de março de 2018. Richard Gustavo de Souza foi condenado a 11 anos de reclusão.

Nesta sexta-feira (7), o Conselho de Sentença, sob a presidência do juiz de Direito, Jorge Canil, julgou e condenou a 11 anos de prisão Richard Gustavo de Souza, pelo homicídio de Paulo Vitor Sestito Araújo.  

Contudo, outros dois acusados, sendo: Brenda da Costa Batista e Waisten Christian da Silva, foram absolvidos.  

Durante a leitura da sentença, o meritíssimo disse que o Conselho de Sentença reconheceu a materialidade e a letalidade para os três acusados, afirmando a autoria de Richard, mas negando a absolvição e as qualificadores, rechaçando a participação dos outros dois réus.  

“A partir da decisão dos jurados, impõem-se a motivação e a dosagem da pena, no que concerne ao réu condenado. Embora primário, haja vista que a condenação pela posse de droga para uso, transitada em julgado no dia anterior ao crime, não gera reincidência tendo em conta que a sentença determinou que ele apenas fosse advertido. Ostenta, porém, Richard maus antecedentes”, disse. 

Jorge Canil ainda falou que as circunstâncias judiciais pesam contra ele, haja vista a maneira como praticou o delito, verdadeira execução, conforme o laudo que descreveu a dinâmica do crime que resultou na morte de Paulo Vitor. 

A pena-base foi de 12 anos, sendo duas atenuantes (menoridade e confissão parcial), portanto a redução de um ano. “Aplico-lhe a pena final de 11 anos de reclusão a ser cumprida em regime inicial fechado, sem direito de apelar em liberdade, mantidas as condições que embasaram a preventiva, renovada nessa oportunidade”, afirmou o juiz. 

Em relação aos outros réus, Brenda e Waisten, Dr. Jorge Canil absolveu ambos nos autos qualificados. 

A defesa reconheceu o julgamento, contudo afirmou que recorrerá quanto ao tempo da pena. Já a promotoria, responsável pela acusação, preferiu não comentar. 

Relembre o crime 

O assassinato foi registrado na Rua Dos Lírios, esquina com a Rua Minas Gerais, no bairro São João, no dia 14 de março de 2018. Segundo informações, a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de homicídio, por volta das 4h30. 

Ao chegar no local, a equipe encontrou o Paulo, na época com 24 anos, dentro de um carro GM/Monza, de cor preta, já sem vida. Foi constatado pela perícia que o rapaz levou cinco tiros, dois nas costas, dois no punho esquerdo e um na perna esquerda. Também havia marcas de disparos no vidro da porta do condutor do carro. 

FONTE: Informações | acidadevotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password