Justiça condena organizador de festa cancelada por estelionato 

Sentença arbitrou 1,8 ano de reclusão por oito estelionatos em Votuporanga/SP; evento ocorreria em 18 de março de 2017; cumprimento da pena ficou suspenso por dois anos, mediante devolução dos valores para às vítimas.

O organizador de uma festa que não aconteceu em Votuporanga/SP foi condenado por oito estelionatos pela Justiça. Ele vendeu ingressos para o evento que teria a participação do sambista Dudu Nobre, no dia 18 de março de 2017, mas na véspera o evento foi cancelado. 

De acordo com a sentença, o réu postou em rede social o cancelamento devido a ocorrência de chuva, mas em depoimento ficou comprovada a falta de alvará da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros. Pessoas que compraram ingressos foram ouvidas no Fórum e disseram que não houve qualquer esclarecimento antes do cancelamento e ficaram sabendo somente quando compareceram no clube, na data do evento e se depararam com o vazio.

A pena de 1,8 ano de reclusão, em regime aberto, foi suspensa por dois anos, mediante a comprovação do réu em devolver o dinheiro do ingresso às vítimas. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezenove − 18 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password