Idoso morto em incêndio em asilo estava amarrado em poltrona atingida pelas chamas, diz polícia 

Conselho Federal de Enfermagem afirma que esse é um procedimento comum, adotado em casos em que o paciente não consegue se manter sentado sozinho. Caso aconteceu em São José do Rio Preto/SP. 

O idoso que morreu em um incêndio no Lar São Vicente de Paulo, em São José do Rio Preto/SP, estava amarrado na poltrona que pegou fogo, informou a Polícia Civil. A morte de João Batista Pereira de Carvalho foi registrada na madrugada do dia 22 de agosto. 

Segundo funcionários do local, ele estava sentado na poltrona onde o fogo começou, em um corredor externo, destinado para área de fumantes. 

O Conselho Federal de Enfermagem afirmou que esse é um procedimento comum, adotado em casos em que o paciente não consegue se manter sentado sozinho. 

A advogada da entidade disse que se tratava de uma restrição mecânica, que essa é uma prática comum, e que essa e outras informações de detalhes do incidente não foram passadas à imprensa anteriormente em respeito à família da vítima. 

A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar a morte do idoso. Imagens de circuito de segurança estão sendo analisadas para identificar o que teria causado o incêndio. 

Incêndio 

No dia do incêndio, outros 47 internos precisaram ser transferidos de ala. Duas enfermeiras que trabalhavam na casa de repouso precisaram ser levadas para uma unidade de pronto-atendimento depois de inalarem fumaça, mas já receberam alta e não correm risco de vida. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas foram controladas rapidamente e não se espalharam, mas João de Carvalho não resistiu. 

FONTE: Informações | G1 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password