Homem confessa que matou vizinha estrangulada e abandonou corpo

Um homem de 25 anos foi preso nesta quarta-feira (13) após confessar que matou a vizinha, em Santo Antônio do Aracanguá (SP).
Segundo informações da Polícia Militar, Rosinéia Rodrigues dos Santos, de 42 anos, conhecida como Neia, era considerada como desaparecida, já que não compareceu ao trabalho nem atendeu o celular.

Investigadores da Polícia Civil foram até a casa dela onde não encontraram nenhum sinal de arrombamento e decidiram checar câmeras de segurança ao redor do local onde a vítima morava.

Nas imagens, segundo a polícia, o homem saiu com o carro da vítima e retornou horas depois para devolver o veículo.

Os investigadores identificaram o suspeito e foram até a casa dele pedindo para que os acompanhasse até a delegacia para responder algumas perguntas. Os policiais perguntaram se o suspeito sabia sobre a vítima, momento em que ele confessou que a matou.

Ainda de acordo com a polícia, o homem contou que entrou na casa de Rosinéia para furtar e ficou escondido, mas, acabou sendo visto por ela.

Os dois entraram em luta corporal e a vítima começou a gritar. Para não ser descoberto, o suspeito pegou um cinto da vítima e passou a enforcá-la até a morte.

Em seguida, o homem teria arrumado a cama da vítima e carregou o corpo até o carro que estava na garagem da casa.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito seguiu com o corpo até a rodovia Marechal Rondon, e, ao chegar no trecho entre Araçatuba (SP) e Guararapes (SP), jogou o corpo da vítima. Ele levou a polícia até o local onde o corpo foi abandonado. Ela foi encontrada no meio de uma vegetação.

O corpo de Rosinéia foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico.

A polícia levou o suspeito até a delegacia, onde o delegado decretou a prisão. O homem permanece à disposição da Justiça.

SBT INTERIOR:

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password