Grávidas ganham repelentes para evitar mosquito Aedes aegypti em Votuporanga

Cidade é a do noroeste paulista com o maior número de casos de dengue, mais de 1,7 mil. Mosquito também pode transmitir o vírus da zika.

Votuporanga/SP é a cidade do noroeste paulista com maior número de casos de dengue e as autoridades de saúde estão percebendo que grávidas estão nesse grupo de infectados.

Para evitar que grávidas sejam picadas pelo mosquito Aedes aegypti, que além da dengue transmite também o vírus da zika, a Secretaria de Saúde está distribuindo repelente para as gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde.

Nesta semana, as agentes de saúde orientaram e distribuíram repelentes para as grávidas da unidade básica de saúde do bairro Palmeiras. A ação irá continuar nas outras unidades.

As mulheres podem pedir na consulta para o médico prescrever um repelente. A entrega é feita na própria unidade.

Além da dengue, o mosquito transmite a Chikungunya e o vírus da zika, que pode trazer sequelas para o bebê, como a microcefalia.

Votuporanga tem registrado neste começo de ano 1.747 casos positivos e outros 3.344 em investigação.

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password