Governador de SP diz que policiais que agiram em Guararema “estão de parabéns” por colocar bandidos “no cemitério” 

Ao todo 11 indivíduos foram mortos em confronto com a polícia após ataques a agências bancárias. Governador vai homenagear policiais na próxima quarta-feira (10). Presidente Bolsonaro também elogiou a tropa de elite paulista no Twitter. 

Nesta quinta-feira (4), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que os policiais que agiram na ação contra a quadrilha que atacou agências bancárias de Guararema/SP na madrugada “estão de parabéns” por colocarem os bandidos “no cemitério”.  

“- Bandidos que usam escopetas, fuzis e metralhadoras não saem para passear. Eles saíram para assaltar e fazer vítimas. Estão de parabéns os policiais que agiram e colocaram no cemitério mais dez bandidos”, disse Doria em entrevista. 

“- No próximo dia 10 vamos homenagear estes e outros policiais que defenderam o cidadão e o patrimônio público agindo contra bandidos.” 

BOLSONARO ELOGIA ROTA  

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) escreveu pelo Twitter: “Parabéns aos policiais da ROTA (PM-SP) pela rápida e eficiente ação contra 25 bandidos fortemente armados e equipados que tentaram assaltar dois bancos na cidade de Guararema e ainda fizeram uma família refém. 11 bandidos foram mortos e nenhum inocente saiu ferido. Bom trabalho!” 

OPERAÇÃO DE GUERRA 

A Polícia Militar de São Paulo e o Ministério Público tinham informações de que a quadrilha que atacou agências bancárias em Guararema, na Grande São Paulo, poderia efetuar roubos na região e preparou um policiamento territorial na área, segundo informações do tenente-coronel Mário Alves da Silva.  

Esse monitoramento permitiu à Rota cercar as estradas de entrada e saída de Guararema na madrugada desta terça-feira (4). “- Eram cerca de 25 marginais ocupando cinco veículos blindados”, explicou o coronel. 

“- Primeiro foi uma troca de tiros com o policiamento territorial de área que pediu apoio para a ocorrência. A Rota fez bloqueio nas vias para que não pudesses se evadir e abordaram um veículo que não tinha a ver. Logo em seguida vieram dois veículos com marginais que trocaram tiros com a Rota e balearam o veículo que estava à frente.” 

De acordo com o comandante, foram apreendidos sete fuzis, quatro pistolas, maçarico, colete a prova de balas e muitos explosivos. “- Eram indivíduos altamente equipados com luva, balaclava para uma ação de guerra.” 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página