Garota de 13 anos leva facada de padrasto para defender a mãe

Um homem de 33 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (2) após ter esfaqueado sua enteada, de 13 anos, quando ela entrou na frente da mãe, uma mulher de 39 anos, para que não fosse agredida. O crime aconteceu na casa da família, no Residencial Gabriela, por volta da 1h45.

À PM, a dona de casa disse que seu companheiro chegou embriagado, o que provocou uma discussão entre os dois. Em seguida, ele deu um soco no rosto da mulher e puxou seu cabelo, segurando-a.

A adolescente interferiu na briga empurrando o padrasto que caiu e ao se levantar pegou uma faca.

Assim que a mulher virou as costas para o agressor, ele partiu em sua direção com a faca e a menor novamente entrou na frente da mãe, sendo golpeada na altura dos seios. As duas vítimas saíram correndo da residência, trancaram o homem dentro do imóvel e chamaram a polícia.

Para a guarnição, a garota confirmou a versão contada pela mãe. Na Central de Flagrantes, o agressor alegou ter chegado na casa por volta da 1h e que sua companheira passou a acusá-lo de traição, o que resultou em uma briga onde apenas ele teria sido agredido. O homem ainda acrescentou que lembra de estar com uma faca pequena para comer bife, mas não se recorda de ter agredido a companheira ou a enteada.

Foi realizada uma pesquisa policial que constatou que o suspeito já possui contra si uma medida protetiva registrada pela companheira em 2020.

Questionado sobre a ação o homem informou que há dois meses está morando com as vítimas com a anuência da mulher que falou que já havia retirado a medida e por isso ele não achava que estava descumprindo uma ordem judicial.

O delegado plantonista decidiu por prender o acusado que foi levado para a carceragem para ser mantido à disposição da justiça. O caso foi registrado como descumprimento de medida protetiva e lesão corporal, sendo encaminhado para o 6º Distrito Policial.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password