Famosos criticam jornalista de Santa Fé do Sul que falou em rádio sobre dar ovo com pimenta para cães: ‘Vergonha’, diz Xuxa

Comentário que incentiva prática de maus-tratos foi feito durante programa ao vivo de uma rádio, em Santa Fé do Sul (SP); jornalista foi afastado das funções.

Famosos criticaram o jornalista de uma rádio de Santa Fé do Sul (SP) que incentivou a prática de maus-tratos a animais em um programa transmitido ao vivo, na terça-feira (25).

O caso repercutiu nas redes sociais e foi compartilhado pelo delegado e deputado estadual Bruno Lima, que é defensor da causa animal (veja o vídeo acima). Com a repercussão, Edson Ferreira Lopes foi afastado de suas funções.

“Eu trituro os cachorros na bala. Matei o que estava matando o que era meu, ponto final. É muito mais fácil você matar o cachorro do que deixar ele dando prejuízo para os outros. Não tem dono, está dando prejuízo, não tem quem responde, pau nele”, disse durante o programa.

“É igual cachorro comedor de ovo. Sabe o que a gente faz? Cansei de fazer isso lá em casa. Pega pimenta malagueta, tempera um ovo quente, fervendo, enche de pimenta, pega a boca dele e tapa. Agora você vai comer. Ele vai gritar. Nunca mais ele come ovo, nunca mais. É assim que educa.”

Jornalista causa revolta ao incitar maus-tratos a animais em programa ao vivo

Até a noite desta quarta-feira (26), a postagem contabilizava mais de 219 mil curtidas e comentários de famosos como Xuxa e Luisa Mel.

“Minha opinião? Vergonha de fazer parte da mesma raça dessas pessoas, vergonha porque não vai dar em nada, vergonha porque ele vai ficar mais conhecido, vergonha porque deve ter pessoas rindo e achando legal essa atrocidade, vergonha porque isso não é cultural, é maldade, é crime e nada vai acontecer com essa pessoa”, escreveu Xuxa.

“Meu Deus do céu! Abriram as portas do inferno? Delegado Bruno Lima, vamos processá-lo! Covarde. Incentivando o crime”, disse Luisa Mel.

Delegado Bruno Lima compartilhou vídeo nas redes sociais — Foto: Reprodução/Instagram

Delegado Bruno Lima compartilhou vídeo nas redes sociais — Foto: Reprodução/Instagram

Nas redes sociais, a Rádio Santa Fé publicou uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido, que diz que não concorda com os comentários “infelizes” do jornalista. Disse ainda que a emissora “não compactua e repudia veementemente toda e qualquer fala que incite à violência de qualquer espécie, contra pessoas ou contra animais.”

A nota informou também que as falas do jornalista não representam a opinião da emissora e dos demais colaboradores, e foi totalmente contrária à linha jornalística. A emissora também disse que as medidas necessárias estão sendo tomadas e que o jornalista foi afastado das funções.

Nota de esclarecimento foi divulgada pela rádio de Santa Fé do Sul (SP) — Foto: Rádio Santa Fé/Divulgação

Nota de esclarecimento foi divulgada pela rádio de Santa Fé do Sul (SP) —

O jornalista publicou um vídeo na rede social pedindo desculpa pela fala.

“Quero pedir desculpas a todas as pessoas que estão sabendo de um comentário infeliz que eu fiz sobre animais. Nunca matei bicho nenhum, nunca matei animal, nunca judiei de animal, tenho cachorros. Fiz um comentário infeliz quando falei sobre animais que estavam matando carneiro e que eu mataria à bala. Foi só uma maneira de me expressar. De onde vim, vim da roça, tenho 49 anos, me tornei jornalista, mas peço desculpas a todos”, disse.

“Fui infeliz no que eu falei. A Rádio Santa Fé não compactua com o que eu disse, foi toda responsabilidade minha e a emissora já tomou as devidas providências quanto a minha fala. Peço desculpa a todos. Não tive a intenção de maltratar animal e nem influenciar as pessoas a matar animal. Jamais eu faria isso, desculpe”, finalizou.

G1

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password