Chuva forte causa transtornos em cidades da região noroeste paulista

Pelo menos seis municípios registraram árvores caídas, moradores sem energia e estruturas danificadas. Bombeiros afirmaram que não houve registros de feridos.

A chuva forte acompanhada de ventania causou transtornos em cidades da região noroeste paulista, na tarde desta segunda-feira (21). Em Votuporanga/SP, além das dezenas de árvores que caíram, a chuva destruiu parte da estrutura do Festival Literário, montada no Parque da Cultura. Por causa da ventania, um dos galpões caiu, assim como os camarins montados para os artistas.

A Defesa Civil e agentes do Corpo de Bombeiros foram ao local, avaliaram a situação e disseram que o galpão atingido vai ser inutilizado.

A organização do evento afirmou que ninguém se machucou e reforça que a programação vai ser feita no prédio permanente do Centro Cultura, que também fica no Parque da Cultura.

Diversas casas foram atingidas e destelhadas ou tiveram muros danificados. O fornecimento de energia elétrica foi prejudicado e aos poucos vai sendo restabelecido pela Elektro (Distribuidora de Energia).

Até o fechamento desta matéria não havia informações sobre feridos.

Araçatuba

Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos sete chamados sobre quedas de árvores foram registrados em Araçatuba/SP. Algumas delas derrubaram fiações e deixaram moradores sem energia elétrica.

O trânsito precisou ser interrompido em pontos do município e funcionários da prefeitura foram às ruas para liberar a passagem para os motoristas.

São José do Rio Preto

Em São José do Rio Preto/SP, a ventania, que chegou a 60 quilômetros por hora, segundo medições da torre do aeroporto do município, também derrubou árvores.

Uma delas caiu na Avenida Doutor Solon da Silva Varginha, no Jardim Nazareth, e atrapalhou o trânsito dos condutores que seguiam da Avenida Philadelpho Gouveia Neto em direção à Nossa Senhora da Paz.

No prolongamento da Avenida Domingo Falavina, no Parque das Amoras, o trânsito também foi bloqueado por uma árvore. Apesar das árvores caídas pela cidade, não houve registro de feridos.

Catanduva

Parte do forro do Terminal Rodoviário de Catanduva/SP, que foi inaugurado recentemente, desmanchou e caiu, com a força do vento. Apesar da destruição, não houve registro de feridos.

Em nota, a Prefeitura de Catanduva informou que a cobertura não foi danificada, apenas o forro, e que a empresa responsável pela obra vai fazer os reparos.

Jales e Fernandópolis

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma casa pegou fogo depois de ser atingida por um raio, no bairro São Gabriel, em Jales/SP. Ao todo, doze árvores caíram em diversas ruas e avenidas do município. A enxurrada ficou forte em alguns pontos da cidade.

Já em Fernandópolis/SP, as rodovias Euclides da Cunha, sentido Santa Fé do Sul/SP, e a Jarbas de Moraes, que liga Jales a Santa Albertina/SP, precisaram ser parcialmente interditadas depois que árvores caíram em ambas. Assim como nas cidades anteriores, não houve registro de feridos.
Cidades como Macaubal/SP, Cosmorama/SP, Nhandeara/SP e Sebastianópolis do Sul/SP também registraram estragos causados pela forte chuva.
Em Valentim Gentil/SP também houve queda de árvores e inundação na avenida que dá acesso a Chopplândia.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página