Família de advogado morto em Rio Preto autoriza doação de órgãos

Por protocolo de sigilo, o hospital não revelou para onde serão enviados os órgãos captados, mas os familiares foram informados que os rins doados já foram encaminhados para uma cirurgia de transplante

A família do advogado Cláudio Topgian Rollemberg, que morreu na última segunda-feira, 26, no Hospital de Base, após sofrer espancamento, autorizou a retirada de órgãos para doação que estão na fila de transplante.

O advogado estava internado desde o dia 17 deste mês devido a graves ferimentos sofridos em uma tentativa de homicidio. Na manhã desta terça-feira, dia 27, após uma série de exames,o hospital divulgou sua morte cerebral.

Logo em seguida, a família autorizou a equipe do HB a fazer a captação dos orgãos para que sejam implantadas em pessoas que estão na fila de transplantes.

Por protocolo de sigilo, o hospital não revelou para onde serão enviados os órgãos captados, mas os familiares foram informados que os rins doados já foram encaminhados para uma cirurgia de transplante.

“Ele doou os orgãos dele. Dois rins já acharam receptores. Já salvou duas vidas”, diz o filho Alexis Suppelna Rollemberg. O assassinato do advogado está sendo investigado pela delegacia de homicídios, da Divisão Especializada em Inevstigações Criminais de Rio Preto (Deic). Por enquanto, não há pista de autoria do crime.

FONTE: Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com.br

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password