Escola Municipal de Artes faz uso de ensino à distância com plataforma virtual para atividades durante o recesso por conta da Covid-19

Alunos poderão assistir às videoaulas de modo interativo com o professor.

A Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo e Escola Municipal de Artes, lançaram desde meados de março uma plataforma virtual com exercícios teóricos, práticos e videoaulas no intuito de manter o andamento e programação do semestre letivo bem como atenuar os impactos da pandemia da Covid-19. Os módulos foram organizados para atender de forma direcionada, a cada aluno, por critérios de nível e instrumento.

“Ficamos felizes pelo engajamento de todos os professores que, de forma rápida, entenderam a importância do momento, assim como, pelas respostas que obtivemos neste primeiro bimestre, tornando a iniciativa um novo aprendizado para todos,” relata o maestro Mazinho Sartori.

A plataforma online deve funcionar por tempo indeterminado e possivelmente será mantida, incorporada, como nova ferramenta de apoio após a volta das aulas presenciais.

Orquestra Sinfônica

As atividades de ensaio da Orquestra Sinfônica da Escola Municipal de Artes também foram suspensas, o que comprometeu a realização do Concerto Especial em homenagem ao Dia das Mães que deveria ter ocorrido no mês de maio. No entanto, a Orquestra já se mobiliza na preparação do concerto de aniversário da cidade, no mês de agosto. As partituras do repertório estão sendo disponibilizadas aos músicos online, para estudos individuais.

“O que buscamos agora são mecanismos para viabilizar ensaios coletivos à distância para que tudo esteja pronto quando os ensaios presenciais forem retomados para a realização do concerto,” finaliza o maestro.

Alunos do Projeto Sinfônico gravam vídeo de orquestra virtual

Alunos de diferentes instrumentos musicais e níveis de aprendizado gravaram e produziram, na última semana, um vídeo orquestral como resultado das atividades correspondentes ao primeiro bimestre do ano letivo.

A música escolhida, de pouca complexidade, foi pensada de maneira para que todos pudessem participar, independente do nível técnico de cada um, e, para isso, foi elaborado um arranjo exclusivo para essa finalidade. Outras projeções já estão sendo pensadas para o bimestre em andamento.

Para a Secretária da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, o aprendizado remoto tem sido uma oportunidade para a interação entre professores e alunos, dentro do novo contexto.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password