Equipes da Prefeitura e Saev Ambiental realizam limpeza na cidade após forte chuva registrada no primeiro dia do ano

Projeto de macro e micro drenagem será iniciado ainda este ano, solucionando em definitivo problemas de enchentes em alguns pontos críticos da cidade.

Após a forte chuva registrada na manhã do primeiro dia do ano (1º/01), equipes da Prefeitura de Votuporanga e da Saev Ambiental já iniciaram o trabalho de limpeza e manutenção das vias públicas da cidade. De acordo com dados captados na Represa de Abastecimento de Água da Saev Ambiental, foram registrados 70 milímetros de chuva durante todo o dia, embora, o maior volume tenha se concentrado durante o período da manhã.

Algumas quedas de árvores foram registradas e já estão sendo recolhidas por equipes da Prefeitura e Saev Ambiental, que também atuam na desobstrução dos dispositivos de escoamento de água.

Apesar da força da chuva, a Defesa Civil não registrou nenhuma ocorrência grave envolvendo imóveis. As situações em que o órgão foi acionado se tratavam de intercorrências de pequenas proporções, não envolvendo pessoas ou necessidade de deslocamento de famílias. 

No entanto, em virtude do período propício a estas pancadas de chuvas fortes, o órgão alerta à população para que adote os cuidados básicos de manter calhas sempre limpas, não acumular lixo nem entulhos nas ruas para não prejudicar o escoamento das águas, manter árvores podadas regularmente, não jogar lixo ou entulho em lotes baldios, bueiros, quintais, córregos e ruas e desligar e desconectar os aparelhos elétricos, quando perceber chuvas fortes acompanhadas de raios.

Em casos de queda de árvores ou situações relacionadas a ocorrências desta natureza, a população deve acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Rua dos Lírios 

A forte chuva também atingiu algumas ruas da Zona Sul da cidade, dentre elas a Anita Costa, Dos Lírios e Maria de Freitas Leite. De acordo com a Secretaria de Planejamento, o principal problema nesta região foi o acúmulo de resíduos e detritos como terra, pedras, folhas e galhos, escoados pela Praça Raphael Cavalin até as bocas de lobo das ruas citadas. A limpeza já está sendo feita no local. 

Além disso, um projeto de 2009, que ainda não foi executado devido à ausência de recursos, será colocado em prática ainda em 2019. Parte das galerias de águas pluviais da Rua Minas Gerais até a Maria de Freitas Leite terá a extensão refeita, desaguando assim, no Canal do Córrego Boa Vista.

Desde o início de sua gestão, o Prefeito João Dado tem buscado recursos para a realização das obras antienchentes nos principais pontos de alagamento no município. A ideia, apresentada na prestação de contas dos dois anos de mandato do Prefeito, no final do mês de dezembro, é de que essas obras sejam iniciadas ainda neste ano, sobretudo, nos cruzamentos entre as Ruas Ceará e Sergipe e Avenida José Silva Melo.

Essas obras antienchentes fazem parte de um projeto de macro e micro drenagem que deverão ser iniciadas ainda neste ano, e já foram listadas no Plano de Governo do Prefeito João Dado, assim como, no Plano de Saneamento Básico, cujas audiências públicas foram realizadas no final do ano passado. O objetivo é a resolução em definitivo dos problemas com os alagamentos em alguns dos pontos críticos da cidade.

0 Comentários

Deixe um Comentário

2 × cinco =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password