Encontro sobre Dengue chama atenção para ações em conjunto entre comunidade e Poder Público 

Superintendente da Sucen SP afirmou que o Brasil, como um todo, está demonstrando um aumento no número de casos de dengue e pediu apoio da população. 

Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria da Saúde, reuniu 17 municípios da região para discutir sobre a dengue durante o “Encontro sobre Zoonoses e as interfaces para o controle dos agravos”, promovido nesta terça-feira (23/4), das 8h às 16h, no Anfiteatro do IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) de Votuporanga. 

O Vice-Prefeito, Renato Martins, representou o Prefeito João Dado, que estava em viagem a São Paulo, e deu as boas-vindas aos palestrantes e participantes do encontro. Em sua fala, Renato Martins citou o desafio que os profissionais têm no combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti e ressaltou a importância de cada morador fazer a sua parte no dia a dia. 

Neste ano, até o momento, foram registrados 653 casos positivos de dengue e 1.926 notificações. Em todo o ano passado, o Município registrou 218 casos positivos de dengue e 913 notificados.  

A Secretária Municipal da Saúde, Márcia Cristina do Prado Reina, afirmou que “Votuporanga ainda não está em estado de epidemia, mas alguns bairros das regiões Sul e Norte têm grande concentração de número de casos. Os números mostram a importância das ações de controle de vetor. É importante que a comunidade e o Poder Público tenham uma ação em conjunto para a redução dos criadouros, que ficam, na maioria das situações, nas residências”. 

Estiveram no Encontro, o Superintendente da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias da Secretaria de Estado da Saúde), Dr. Dalton Pereira Fonseca Junior, que falou sobre a “Situação Epidemiológica das Zoonoses e Entomológicas no Brasil”; a Diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, Regiane de Paula, que abordou o tema “Situação Epidemiológica da Zoonoses no Estado de São Paulo”; Sirlei Scandar, Diretora Regional da Sucen Rio Preto; e a Infectologista, Dra. Regina Silvia Chaves de Lima. 

O Superintendente da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias da Secretaria de Estado da Saúde), Dr. Dalton Pereira Fonseca Junior, foi o primeiro palestrante e afirmou que o Brasil, como um todo, está demonstrando um aumento no número de casos de dengue. “Isso provavelmente se dá devido a entrada de um novo sorotipo, a circulação de um novo vírus, que é o sorotipo 2. Então, isso acaba dispersando essa circulação em uma velocidade um pouco maior. O mosquito se adapta em criadouros que armazenam água e precisamos contar com o apoio da população para vistoriar seus imóveis e estabelecimentos. Esses seminários são fundamentais e Votuporanga está de parabéns em realizar o Encontro no momento de ápice da transmissão da dengue”, afirmou. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

3 × quatro =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password