Dermatologista do SanSaúde dá dicas sobre uso de máscaras

Dra. Fernanda Tomé Alves falou da rotina dos cuidados com a pele e pediu moderação com a maquiagem.

Em tempos de pandemia, a máscara se tornou um acessório indispensável no nosso dia a dia. Em alguns casos, a saúde da pele pode ficar afetada com a região abafada, criando sensibilidade, prurido ou até acne. Mesmo assim, não dá para deixar esse equipamento de lado. A dermatologista do SanSaúde, Dra. Fernanda Tomé Alves, deu dicas valiosas de cuidados neste período.

De acordo com Dra. Fernanda, o acúmulo de vapor, saliva e suor provocados pelo uso da máscara leva ao desequilíbrio da microbiota da pele, fazendo com que as glândulas sebáceas produzam maior quantidade de sebo.

Para evitar problemas como esses, a profissional orientou manter uma boa rotina de cuidados com o uso de sabonete, produtos de tratamento e reforçar a hidratação principalmente nas áreas de atrito. “A limpeza adequada com sabonetes para uso facial e hidratantes adequados ao tipo de pele podem auxiliar no reequilíbrio da microbiota, controlando a oleosidade, diminuindo a inflamação e, consequente, formação de acne e seborreia. Para peles oleosas, são recomendados produtos com ácidos salicílico e glicólico, sempre seguindo a orientação do seu dermatologista”, disse.

O uso da máscara e a rotina facial de skincare

O rosto deve ser lavado com sabonete adequado duas vezes ao dia e hidratado pela manhã e à noite (com produtos recomendados pelo dermatologista). “Aplique filtro solar pelo menos duas vezes ao dia e evite uso excessivo de maquiagem. As máscaras faciais específicas para cada tipo de pele também ajudam na saúde do seu rosto”, afirmou.

Falando em protetor solar, a dermatologista faz um alerta: o uso do equipamento de proteção individual não dispensa este cuidado, já que parte do rosto ficará exposta ao sol.

Maquiagem

Dra. Fernando pede moderação. “As partículas podem ficar aderidas ao tecido e, assim, diminuir a eficácia da máscara. O bom senso deve sempre prevalecer, observando a troca frequente dos acessórios”, frisou.

Qual melhor tecido?

Tecidos de algodão, sem fibra sintética, promovem uma melhor ventilação da pele. “É importante sempre seguir as recomendações de número de camadas de tecido (duplo ou triplo) na confecção das máscaras para garantir a proteção contra o vírus”, finalizou.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password