Acusado de tentativa de homicídio é condenado e responderá inicialmente em regime aberto 

Crime ocorreu no dia 23 de fevereiro de 2017no cruzamento da rua Bahia com a rua Fioravante Poiani, no bairro Jardim Santos Dumont, em Votuporanga/SP. 

Ontem (29), um Conselho de Sentença esteve reunido em julgamento presidido pelo juiz de Direito, Jorge Canil, no Fórum da Comarca de Votuporanga/SP, onde avaliaram o caso de tentativa de homicídio ocorrida em 23 de fevereiro de 2017, nesta cidade. 

O Tribunal do Júri teve início às 9h e terminou por volta das 15h, tendo como resultado à condenação do acusado José Francisco Domingos, a três anos de prisão, em duas condenações, que serão cumpridas em regime inicial aberto com direito de apelar em liberdade. 

Durante a leitura da sentença, Canil, afirmou “o Conselho de Sentença reconheceu a materialidade, a autoria e a intenção de matar, afastando a absolvição, mas reconhecendo o privilégio, prejudicado o motivo fútil. Quanto ao crime conexo, o Conselho de Sentença reconheceu a autoria, mas rechaçou a tese absolutória”. 

O juiz relatou na sentença. “Aplico-lhe as penas finais, motivadas de: tentativa privilegiada de dois anos de reclusão e posse irregular de arma e munição, um ano de detenção e dez dias-multa”, concluiu. 

DO CASO 

O crime foi registrado no dia 23 de fevereiro do ano passado. Durante uma discussão, na rua Bahia com a rua Fioravante Poiani, o acusado teria disparado com uma arma de fogo contra a vítima, Mozer Roberto Plácido Gonçalves, na época com 20 anos, e fugido do local. 

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e conseguiu realizar a prisão do réu em uma mata próxima do local. A vítima foi socorrida para à Santa Casa de Votuporanga, onde recebeu atendimento médico, foi medicada, passou por exames e liberada em seguida. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password