Votuporanguense é preso no lugar de outro que tem o mesmo nome

A história parece àquelas que assistimos nos programas policiais de TV, mas desta vez o caso é em Votuporanga.

Um homem foi condenado a mais de sete anos de prisão por quatro roubos só que quem foi para a cadeia É OUTRA PESSOA, com o mesmo nome (homônimo). O processo é de Rondonópolis-MT, mas a execução da pena foi transferida para a Comarca de Votuporanga por conta da informação de mudança do réu para cá.

Apesar de possuir número de RG e nome da mãe diferentes, o inocente foi para trás das grades da penitenciária de Riolândia, mas ontem (21) conseguiu a liberdade mediante hábeas corpus do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Os advogados Douglas Teodoro Fontes, Marcelo Leal da Silva, Francieli Fazan Garcia, Gabriella Murari Posseti e Renan Anton Del Mouro, ingressaram com pedido de liminar para a soltura de “Silva” e suspensão da execução da pena contra ele.

O pedido foi acatado pela desembargadora Ivana David e o preso colocado em liberdade. Segundo ela, há dúvida quanto se a pessoa presa é A MESMA do mandado de prisão, por isso o votuporanguense foi solto.

votutudo:

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password