Votuporanga e região unidas em oração

“O poder da oração não está naquele que a faz, está no poder de quem a escuta”. Nesta quinta-feira (25/3), data em que a Santa Casa de Votuporanga completou um ano de atendimento de COVID-19, Votuporanga e região pararam literalmente para voltar seus olhos à Deus.

O Grupo de Trabalho de Humanização do Hospital organizou um momento de oração na pracinha da Instituição, às 15h. Alguns profissionais estavam presentes, representando todos de sua equipe que se dedicam ininterruptamente em prol da saúde dos pacientes.

A presidente do Grupo de Humanização, Emília Rodrigues de Faria e Ferreira, e Vanessa Bortolozo, membro do Grupo, conduziram a ação. Elas clamaram pelo fim da pandemia, pedindo pela recuperação dos assistidos e pelo conforto da família enlutadas, além de agradecer pela saúde de todos os profissionais da Instituição. Aproximadamente 1.500 pessoas acompanharam ao vivo nas redes sociais.

Diretamente de Gastão Vidigal, Quitéria Rodrigues Marques e mais 15 profissionais da UBS interromperam suas atividades para participar desta corrente de fé. “Recebi o convite pelo WhatsApp e me emocionei, na hora combinamos de orar também. É uma iniciativa muito importante, porque em um momento tão difícil, o que nos sustenta é a fé. É mais que justa essa ação para a Santa Casa, que merece, pois é referência para a região”, afirmou.

Quitéria não conseguiu controlar sua emoção. “Foi muito emocionante estarmos todos juntos”, complementou.

Elaine Medalha convocou todo seu grupo de oração da Paróquia Senhor Bom Jesus para o movimento.   Alguns integrantes utilizaram as redes sociais para estarem juntos neste momento. “Convidamos o Ministério das crianças para a ação, para incentiva-las a amar a Deus”, disse.

De sua casa, Elaine estava com sua filha, Lara, de sete anos. “Foi uma iniciativa linda. Fortalece, acalma, porque são duas semanas cheias de notícias negativas. Acredito que a fé é sustento para todos. Saber que existe um Deus, que olha por nós, nos faz entender melhor todas as provações”, complementou.

A Igreja Universal do Reino de Deus fez um clamor ao Pé da Cruz. Por meio do aplicativo Zoom, reuniram aproximadamente 175 pessoas, com representantes de mais de 12 cidades da nossa região. “No momento em que estamos vivendo, é fundamental ter fé. Fé para manter o equilíbrio emocional, para não perder a esperança. Uma iniciativa importantíssima, para fortalecer os profissionais de saúde e consolar pessoas que perderam familiares e até mesmo para aquelas que estão com amados intubados, sem saber o que vai acontecer”, disse o pastor Rodolfo Gonçalo Gomes.

Ele deixou um versículo: “todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. É o que diz Hebreus 10:38-39 e é a nossa arma”, complementou.

O provedor da Instituição, Luiz Fernando Góes Liévana, agradeceu todo o envolvimento da comunidade. “Ficamos emocionados e gratos. Ações como esta nos dá força para continuar. Obrigado a todos que participaram. As orações nos renovam espiritualmente e trazem conforto. Aproveito para pedir a todos o uso de máscara, que respeitem o distanciamento social e higienizem sempre as mãos”, finalizou.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password