Secretaria de Segurança Pública emite nota sobre mensagens relacionadas a ataques de facção criminosa

“As forças de segurança do Estado de São Paulo tem adotado todas as medidas preventivas para garantir a segurança da sociedade.”

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) emitiu uma nota nesta sexta-feira (15) com relação às mensagens que circulam pelas redes sociais informando de possíveis ataques da fação criminosa PCC, principalmente contra integrantes das forças de segurança, em função da transferência dos principais líderes, entre eles Marcos Willians Herbas Camacho, o “Marcola” e mais 20 líderes do bando.

A Polícia Militar vem adotando medidas de prevenção por cautela. Conforme o comando, o que está circulando nas redes sociais são boatos sem qualquer confirmação por parte da inteligência.

As medidas preventivas sem sendo adotadas porque o histórico da facção foi atentar contra forças de segurança e por isso, com a transferência dos líderes a Instituição está adotando procedimentos por precaução.

Nota à imprensa, emitida pela Assessoria de Imprensa e Comunicação da SSP:

“Circulam pelas redes sociais e serviços de mensagens áudios e textos apócrifos sobre o cenário da segurança pública no Estado de São Paulo em função da transferência de presos do Sistema Penitenciário estadual para unidades federais.

As forças de segurança do Estado de São Paulo tem adotado todas as medidas preventivas para garantir a segurança da sociedade.

O sistema de Inteligência da polícia recomenda que não se compartilhe ou se dê credibilidade a mensagens de autorias desconhecidas cujo objetivo é gerar desinformação.

O enfrentamento contra o crime organizado é uma luta prioritária do Governo do Estado em parceria com o Governo Federal, que deve contar com a colaboração de toda população.”

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password