Rodovia Feliciano Sales Cunha está com obras atrasadas na região noroeste paulista

Em nota, o DER informou que neste sábado (7) vai entregar as obras no trecho entre Sud Mennucci/SP e Pereira Barreto/SP. A assessoria também disse as obras seguem em ritmo acelerado e que a maior parte deve ficar pronta ainda neste semestre.

A Rodovia Feliciano Sales Cunha, que corta várias cidades da região noroeste paulista, está passando por obras de melhorias. Pontilhões, passarelas e faixas adicionais estão sendo construídas. Contudo, as obras estão atrasadas, e os motoristas estão precisando exercitar a paciência.

O movimento de máquinas e funcionários é grande em vários trechos da rodovia. Onde ela está passando por intervenção, os condutores precisam respeitar o ‘pare e siga.’

Em Monte Aprazível/SP, a TV TEM constatou que a distância entre o recuo e a fila de carros que está esperando é pequena. Com isso, dá a impressos que os veículos que descem não vão conseguir frear a tempo para entrar na pista oposta.

Em outubro do ano passado, a TV TEM mostrou que as obras da Feliciano Sales Cunha ficaram paradas por um tempo e que haviam muitas situações de perigo para os motoristas como, por exemplo, o degrau entre a pista recém- recapeada e o acostamento.

Atualmente, as obras seguem em um ritmo acelerado em muitos pontos, mas em outros, não se vê sinais de melhorias como em um trecho entre Neves Paulista/SP e Monte Aprazível/SP, onde a situação do asfalto não é das melhores.

“Existem muito degraus. Eles arrebentam o caminhão. Daqui a Pereira Barreto, a situação está complicada”, afirma o motorista Wilson Azevedo.

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a obra que começou em janeiro de 2018 está dividida em vários lotes. O primeiro é o trecho de Mirassol/SP, Neves Paulista e Monte Aprazível.

O segundo começa em Monte Aprazível, passa por Poloni/SP e vai até Sebastianópolis do Sul/SP. A placa do governo diz que esse lote teria que ser entregue em 18 meses após o início da obra, ou seja, em junho de 2019. Contudo, elas já estão atrasadas em sete meses.

Nas entradas de Poloni e Monte Aprazível, estão sendo construídas pontes e viadutos para que os motoristas não tenham mais que passar por trevos em nível.

O DER diz que a previsão é de que os lotes sejam entregues entre maio e setembro. Os motoristas que passam pela rodovia com frequência dizem que esperam ansiosamente a inauguração ser feita.

Pereira Barreto e Votuporanga

Nas regiões de Pereira Barreto/SP e Votuporanga/SP as obras deveriam ter terminado no meio do ano passado, mas em alguns trechos ainda tem máquinas trabalhando

Para constatar o andamento das obras, a equipe da TV TEM percorreu 150 quilômetros de Ilha Solteira/SP a Nhandeara/SP.

Em Pereira Barreto as obras estão praticamente prontas. O asfalto, a terceira faixa e a sinalização de solo já foram concluídos. O trecho que passa por Guzolândia/SP também está da mesma forma.

Contudo, em General Salgado/SP, o motorista precisa redobrar a atenção por causa da obra que está sendo feita na pista. O trânsito está sendo desviado pela marginal e, por conta disso, a velocidade tem que ser reduzida para 40 km/h.

No trecho, parte do asfalto já está praticamente pronta, mas funcionários ainda estão trabalhando na construção de um viaduto que vai servir como retorno e também passarela para os pedestres atravessarem de um lado para o outro da rodovia.

Em Floreal/SP, a obra também está intensa. No local, há várias máquinas trabalhando ao mesmo tempo para nivelar o terreno que vai receber uma terceira faixa.

No ano passado, as obras ficaram paradas por seis meses. De acordo com o DER, uma adequação precisou ser realizada no projeto. Em Nhandeara, a situação também foi a mesma, mas, atualmente, as obras foram concluídas.

Em nota, o DER informou que neste sábado vai entregar as obras no trecho entre Sud Mennucci e Pereira Barreto. A assessoria também disse que, nos outros trechos, as obras seguem em ritmo acelerado e que a maior parte deve ficar pronta ainda neste semestre. No entanto, apenas o trecho perto de Mirassol será concluído no segundo semestre.

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password