Reencontro emocionante: irmã de paciente agradece médico

Dona Aparecida Vicentini fez questão de rever Dr. Wagner Telini para agradecer pela assistência; ela também doou um animal para o Hospital.

Ansiosa, dona Aparecida Silva Vicentini chega na Santa Casa de Votuporanga. Ao lado do marido Orziro Vicentin, suas emoções ficam ainda mais intensas já na Administração da Instituição. Com uma carta, ela retrata um pouco de sua gratidão pelo Hospital, após um atendimento rápido de seu irmão Valdeci Ricardo Pereira no final do ano passado.

No papel, com sua letra, uma mensagem. “Gratidão é o tesouro dos humildes! Obrigado Senhor, obrigado à todos os colaboradores, funcionários, médicos e irmãos da querida Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga. Que a iluminação e a sabedoria os oriente e guie a todos pois somos todos um”.

A carta tem um endereço definido: Dr. Wagner Moneda Telini, pneumologista. Após a recuperação de seu irmão, dona Aparecida desejava reencontrar o médico que salvou a vida de Valdeci.

E nesta semana seu sonho se tornou realidade. Foram abraços, alegria e muita gratidão de quem esteve com seu herói. “Estou feliz da vida. Dr. Wagner, você e eu fomos usados por Deus. Meu irmão estava internado fazia cinco dias que estava na Santa Casa. Ele passou pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e depois foi para o quarto. Quando fiz a visita, eu “tomei o crachá” da minha irmã para ver Valdeci. Quando cheguei lá, ele estava dormindo há muito tempo. Levantei o rosto dele e ele não mexia a cabeça. Estava confuso e eu me desesperei. Eu gritava e chegaram cinco médicos, um deles era você que me acalmava. Pedi para cada profissional se apresentar com a especialidade. Não lembro o nome de nenhum, só o seu”, contou.

Dona Aparecida lembra com detalhes do dia em que o médico salvou a vida de seu irmão. “Você falou que iria transferi-lo para São José do Rio Preto. Corri para a capela. Lá, tinha uma carta de agradecimento e logo fiz minha intenção: doar um animal para a Santa Casa. Gravei o seu nome para fazer essa gratidão”, complementou. O bezerro faz parte dos lotes do Leilão de Gado em prol ao Hospital, que será realizado no dia 27 deste mês, no Sindicato Rural.

Dr. Wagner perguntou de seu paciente para dona Aparecida. “Ele tem 72 anos e está firme. Depois que ele saiu do Hospital, se recuperou muito bem. Foi padrinho de casamento e tudo!”, contou a irmã.

 O médico agradeceu a visita. “Estou muito feliz. É gratificante todo este reconhecimento, fico lisonjeado. Agradeço também a doação do bezerro, que trará recursos para nosso Hospital”, afirmou Dr. Wagner.

Por sua vez, o provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, enalteceu iniciativas assim. “Foi emocionante este reencontro. Dona Aparecida nos procurou para rever o profissional que salvou seu irmão e também para fazer a colaboração do animal. Estes gestos nos enchem de motivação, para continuarmos a fazer assistência de qualidade, com muita humanização. São histórias como estas que renovam nossas energias e transformam o desafio de fazer saúde muito mais válido”, afirmou Luiz Fernando.

0 Comentários

Deixe um Comentário

2 + dezoito =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password