Porteiro de Unidade de Saúde é agredido na região 

De acordo com a Guarda Municipal de São José do Rio Preto/SP, que registrou um boletim de ocorrência, pai e filho agrediram o porteiro, que impedia a entrada deles na sala de atendimento, por causa da demora no atendimento. 

Nesta quinta-feira (9), um porteiro de 40 anos foi agredido por acompanhantes de uma paciente na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Tangará, em São José do Rio Preto/SP. 

De acordo com a Guarda Municipal, que registrou um boletim de ocorrência, pai e filho agrediram o porteiro, que impedia a entrada deles na sala de atendimento. O boletim diz que os parentes reclamaram na demora para o atendimento. 

Em nota, a prefeitura disse que os acompanhantes, ao serem orientados a aguardar na recepção, invadiram a unidade e agrediram o porteiro. A Polícia Militar e a Guarda Civil foram acionadas e chegaram após ocorrido. 

O porteiro sofreu ferimentos no rosto e passou por atendimento médico. 

FOTO: Reprodução | Câmera de Segurança 

0 Comentários

Deixe um Comentário

cinco − cinco =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password