Policial rodoviário atropela casal na saída da prainha de Pereira Barreto

Policial estava de folga no momento do acidente. Segundo a polícia, ele disse durante a prisão que estava sendo ameaçado no local, quando saiu de ré com o carro e atropelou as vítimas; mulher foi socorrida em estado grave. A embriaguez foi comprovada por um médico legista.

Um policial rodoviário atropelou um casal na prainha de Pereira Barreto/SP, neste domingo (17). O acidente aconteceu no estacionamento da prainha, no fim do dia, quando a maioria das pessoas deixava o local.

De acordo com a polícia, o policial rodoviário estava de folga na prainha e, quando saía do local, se envolveu em uma confusão. Ele entrou no carro, deu ré e acabou atropelando o casal, um homem de 48 anos e uma mulher de 50.

O policial é de Pereira Barreto, mas trabalha na região de São José do Rio Preto/SP. Depois da confusão, ele saiu da prainha e foi para a delegacia de Pereira Barreto.

O policial disse que fugiu do local porque estava sendo ameaçado pelas pessoas que estavam lá. Segundo a Polícia Militar, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e também o exame de sangue. A embriaguez foi comprovada por um médico legista.

O policiai de 30 anos foi preso e vai passar por uma audiência de custódia. Ele poderá responder por tentativa de homicídio e embriaguez ao volante.

A mulher foi levada para o pronto-socorro de Pereira Barreto, mas pela gravidade dos ferimentos foi transferida para a Santa Casa de Araçatuba/SP, onde está internada com traumatismo craniano.

FONTE: Informações | G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

quatro × 1 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password