Polícia tenta identificar mais uma vítima localizada nos rejeitos da Vale, em Brumadinho

Até agora 259 pessoas mortas no desastre já foram identificadas. Bombeiros trabalham em buscas há mais de um ano.

A Polícia Civil afirmou que trabalha nesta terça-feira (4) na tentativa de identificação de mais uma vítima do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O rompimento foi no dia 25 de janeiro do ano passado. Segundo a polícia, o trabalho é feito por equipes da antropologia legal e da odontologia-legal, considerados métodos mais rápidos. A corporação explica que o DNA também já foi coletado e as análises estão ocorrendo simultaneamente.

Caso seja identificado, o número de desaparecidos pode cair para 10 e o de vítimas identificadas, aumentar para 260. Estes números seguem sem alterações desde de dezembro do ano passado.

O Corpo de Bombeiros faz buscas na região do rompimento, na Mina do Córrego do Feijão, há mais de 360 dias.

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password