Polícia Militar captura homem considerado ‘maior ladrão de livros raros’ do país

Indivíduo, foragido da Justiça, foi abordado durante patrulha no bairro Bom Retiro, na capital paulista.

Policiais militares da 1ª Cia do 13° BPM/M (Batalhão de Polícia Militar Metropolitano) capturaram na manhã desta terça-feira (7), no bairro do Bom Retiro, em São Paulo, um homem de 46 anos, conhecido pela alcunha de “o maior ladrão de livros raros do Brasil”. Ele era considerado foragido da Justiça em razão de uma condenação por furto.

Entre as obras literárias já furtadas pelo criminoso estão volumes valiosos subtraídos da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, em 2004. São atribuídos a ele furtos de revistas e livros históricos, além de pinturas de instituições de diversas cidades brasileiras. Ele foi abordado por policiais durante uma patrulha no bairro, na altura da Rua Afonso Pena.

Durante as buscas, os policiais fizeram uma consulta ao Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), que constatou tratar-se de um procurado pela Justiça. Ele foi encaminhado ao 2º DP para registro do boletim de captura e encontra-se à disposição da Lei.

FONTE: Informações | Portal do Governo de SP 

0 Comentários

Deixe um Comentário

três × cinco =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password