“O banco trazia da prateleira a offshore”, diz Walter Faria, dono da Petrópolis

Acusado de lavar dinheiro para a Odebrecht, Walter Faria disse não conhecer Renan Calheiros, Jader Barbalho e Aníbal Gomes, apontados como destinatários de propinas da construtora.

O dono da cervejaria Petrópolis, Walter Faria, afirmou em depoimento que o banco Safra e o BSI, da Suíça, recomendaram a ele depositar dólares no exterior, informa Fabio Leite, na Crusoé.

“Os próprios bancos vinha (sic) atrás da gente para fazer caixa 2 e deixar lá fora. Eram os bancos que ficavam correndo atrás. E eu caí nesse erro”, disse o empresário, em depoimento prestado ao juiz Luiz Antonio Bonat no último dia 19.

“O banco já trazia uma conta pra você. O banco trazia da prateleira a offshore”, completou.

Acusado de lavar dinheiro para a Odebrecht, Walter Faria disse não conhecer Renan Calheiros, Jader Barbalho e Aníbal Gomes, apontados como destinatários de propinas da construtora.

FONTE: Informações | oantagonista.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password